Resgate 24 horas em todo território nacional.

Alcoólatra é dependente químico? Entenda mais sobre o alcoolismo

Alcoólatra é dependente químico? Entenda sobre o Alcoolismo. encontre tratamento para o alcoolismo mais perto de você, Atendimento 24 horas.

O Encontre Clínicas é perito quando o assunto é dependência química, drogas, alcoolismo, comportamento adictivo e tudo que está relacionado a saúde mental de pessoas que tem apego à substâncias psicoativas, conjuntamente muitos se perguntam se o alcoólatra é dependente químico? Entenda mais sobre o alcoolismo nesta matéria informativa quentinha que vamos fornecer para você.

Como maior empresa no encaminhamento e direcionamento de pacientes que sofrem com a dependência química e alcoolismo no Brasil, com diversos parceiros credenciados, nossa página também oferece um conjunto de matérias que tiram as dúvidas de diversas pessoas que são usuárias de drogas, alcoólatras e principalmente, familiares de pessoas com tais comorbidades como a adicção.

Sendo assim, nossa página é frequentemente visitada, e muitos que estão passeando pelos nossos artigos, entram em contato para solicitar tratamento, desta forma é gratificante que o Encontre Clínicas ajude milhares de pacientes alcoólatras e dependentes químicos e conjuntamente seus familiares.

Mas abordando a dinâmica dessa matéria, será que o alcoolismo é uma dependência química? Antes de começarmos nossa introdução ao alcoolismo, a resposta é um imenso sim, mas porque não classificar todas as pessoas que são viciadas em determinadas substâncias como dependentes? 

Definição de dependência química independe da licitude, então atente-se aos sinais

É interessante ressaltar que a definição da dependência química independe de licitude, então atente-se aos sinais, pois você não necessariamente é um dependente químico ou um alcoólatra, você pode ser dependente químico de outra substância, como um remédio por exemplo. É primordial entender o conceito do apego primeiramente, para depois avaliar a substância ou droga de escolha, justamente para poder responder a questão: Alcoólatra é dependente químico? Entenda mais sobre o alcoolismo.

  • Definição

A definição de dependência química é um transtorno psiquiátrico crônico, evolutivo e que se não controlado pode levar o indivíduo à morte, além do mais, dependendo da substância e o contexto pode ser acometida como um problema social.

Como há uma questão onde pensar, sentir, agir e comportar-se estão sujeitos a mudanças principalmente em prol à substância, vale ressaltar que muitas pessoas que teoricamente eram “de boa índole” se auto sabotam e marginalizam-se, mudando o caráter em prol à droga de escolha.

Deste maneira, atualmente existem diversas drogas lícitas e ilícitas disponíveis no mercado e o apego à elas de maneira a alterar o comportamento do indivíduo justificando seu padecimento e adoecimento mental, é uma questão séria de dependência química, e o alcoólatra, é um dependente químico, porém, da bebida, no caso da substância álcool.

Além do álcool, também existem outras dependências químicas lícitas como o tabagismo (cigarro de tabaco) e a farmacodependência (medicamentos). Mas que mesmo assim, levam milhões de pessoas à morte todos os anos em decorrência dos problemas associados ao consumo exagerado deste tipos de substâncias ou produtos. 

Tal premissa, fomenta a ideia de que definição de dependência química independe da licitude, então atente-se aos sinais que se o seu organismo depende de muito de uma substância de maneira a perder o controle, ou você mudar a maneira como se comportam em prol à esse apego, você não só está viciado, mas dependente.

Alcoolismo é coisa Séria, muito mais do que se imagina

Alcoólatra é dependente químico? Entenda mais sobre o alcoolismo de uma forma estruturada. O álcool está presente na nossa sociedade há milênios, entretanto hoje, com a indústria de consumo, alta concorrência, desigualdade social e problemas sócio económicos a nível global, a ansiedade, frustração, desespero e baixa auto estima são processos que, conjuntamente com o comportamento adictivo incitam o consumo de qualquer substância que deixa tais sensações tênues.

Posto isso, vale ressaltar que o alcoolismo é coisa séria, muito mais do que se imagina. É a segunda droga lícita que mais mata e mais causa prejuízos à área de saúde global no mundo. Desta maneira, é interessante ressaltar que muitas pessoas que têm sérios problemas com a bebida e não buscam o tratamento adequado podem desenvolver sérios problemas de coração, circulação, problemas nos rins e fígado, em casos crônicos até câncer é comum.

Outro inconveniente está associado ao consumo de bebidas alcoólicas por uma parte da população em fase de puberdade. O cérebro de pessoas com menos de 20 anos, está em desenvolvimento e ter um contato enfático com o álcool durante essa fase ao ponto de manter o binge drinking de maneira recorrente, é prejudicial ao desenvolvimento cerebral.

Alcoolismo é coisa séria, muito mais do que se imagina e vale ressaltar que a definição da dependência química independe de licitude, ou seja, indivíduos apegados ao álcool e que destroem com sua saúde física, mental e com as pessoas que estão ao seu redor, são dependentes.

Um ciclo depressivo conjugado com a dependência alcoólica

Do mesmo jeito que ninguém nasce dependente químico, ninguém nasce alcoólatra, são conjunto de comportamentos que ao longo do processo vão gerando apego e que, também geram consequências negativas para quem tem problemas com a bebida. Um ciclo depressivo conjugado com a dependência alcoólica.

Você já ouviu falar daquela famosa frase “Problema gera Problema”? Então, se você não tratar do alcoolismo, ele vai evoluir cronicamente e gerar mais problemas. A pessoa com apego na bebida tem uma facilidade muito maior de conseguir sanar suas frustrações, porque diferentemente do dependente químico de narcóticos, ela não comete nenhum crime ao portar nem ao comprar a bebida.

Sendo assim, fazer besteira no estado de embriaguez pode gerar desconforto, tristeza e arrependimento no dia seguinte, além do mais, todo esse processo pode gerar ansiedade e depressão. Juntar todo esse mix de sentimentos mais a abstinência do álcool é entrar em ciclo de looping de uso do álcool novamente,  repetir esse processo até o organismo pedir um basta.

Alcoólatra é dependente químico? Entenda mais sobre o alcoolismo; é um artigo produzido pelo Grupo Encontre Clínicas com o intuito de ajudar pessoas que precisam saber se estão dentro do grupo pertencentes à essa categoria de indivíduos que são dependentes de substâncias psicoativas, caso você tenha lido e se identificado, entre em contato conosco, vamos ajudar com prazer.

Fale com nossos especialistas! Atendimento 24 horas.

Descubra como nossos consultores podem ajudar você ou seu ente querido a melhor melhor maneira para deixar o vício, conheça tratamento em uma clinica de recuperação . A avaliação por telefone exigirá apenas 5 a 10 minutos do seu tempo. Isso ajudará você a saber sua posição em termos de opções de reabilitação em sua área local.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é atendimento_24_horas.svg

Compare listings

Comparar