Resgate 24 horas em todo território nacional. +55 44 9155-7195

Porque o aumento no consumo de drogas no Brasil?

Aumento no consumo de drogas no Brasil cria mais dilemas sociais e incita a criminalidade e a violência

Estamos em constante mudança e mutação, evoluindo rapidamente sócio e economicamente para atender o mundo globalizado, mas o aumento no consumo de drogas no Brasil é algo que está preocupando pesquisadores de universidades e grandes centros de estudos. Como estamos viabilizando um cenário sócio econômico com uma saúde mental deturpada?

Crescimento econômico e social está associado à produção de bens e serviços que um país consegue produzir, aliado com a distribuição de renda geral da população de forma sustentada por longos períodos. Isso em síntese, já que em teoria as coisas vão além. Contudo, infelizmente o Brasil, desde muito tempo fez os procedimentos de forma não planejada e isso gera consequências.

Somos considerados o país em desenvolvimento, BRICS ou simplesmente vulgo terceiro mundo. Mesmo assim, há um trabalho efetivo para a mudança nessa trajetória, mas infelizmente pautado na falta de políticas adequadas que gerem eficientes ações. Além do mais, em comparação com outros países como China, Índia e África do Sul; somos altamente deficitários na questão da educação, o que nos custará altos preços no longo prazo.

Mas o que isso tem haver com a questão do aumento no consumo de drogas no Brasil? Infelizmente tudo, já que o crescimento desordenado com uma política deficitária e a falta de infraestrutura social implica em praticamente todas as plataformas sociais. Temos um agravante que piora a situação que é o cenário da política brasileira, onde os manejos das leis e do incentivos à insumos básicos como distribuição de renda, saúde e educação varia conforme interesses.

Isso faz com que, por mais que o país, ainda que o mais industrializado da América do Sul, crie dilemas sociais que impliquem na qualidade de vida da sociedade, as drogas e substâncias psicoativas estão justamente dentro deste quesito. 

Por isso, os impasses políticos e as crises que movimentam as ondas econômicas sociais que resultam no mal estar social brasileiro, tem atuação na saúde mental. Consequentemente as drogas estão dentro deste quesito, ainda mais quando não se tem perspectiva aliado a um comportamento de fuga nesse tipo de substância, o que incita mais o uso ainda. 

Aumento no consumo de drogas no Brasil cria mais dilemas sociais e incita a criminalidade e a violência

Se teoricamente a expectativa de vida está melhorando e as pessoas estão trabalhando e estudando mais, porque o aumento no consumo de drogas no Brasil cria mais dilemas sociais e incita a criminalidade e a violência  já que em teoria as medidas proporcionadas fazem com que a sociedade melhore? É exatamente o que foi citado anteriormente, o problema é o “vai e vêm” político e econômico.

Existe uma pesquisa da BrasilEscola relatando que a violência é um problema estrutural no Brasil, gerando pânico na população, perdas financeiras e qualidade de vida. O problema crônico da violência, segundo a pesquisa, está associado à falência, corrupção associada a má administração. A educação e a segurança deficitárias. Conjuntamente a falha no sistema judiciário, que não pune da maneira correta e com longas penas crimes violentos como assassinatos.

Além disso, a questão dos narcóticos é outra via de mão dupla no país, justamente porque não consegue-se diminuir a circulação dos mesmos dentro do território nacional, e isso favorece o aumento no consumo de drogas no Brasil. Com uma circulação de drogas cada vez maior, é fácil incitar novos clientes a demandarem por psicoativos.

Fora que a corrupção que se vê na TV aos grandes chefes e cargos não fica limitada apenas por lá, muitos dos grandes narcotraficantes e que fazem com que o país seja rota do tráfico, através de propina fazem com que parte da polícia seja comprada no país para que a droga circule. Deste modo, é preciso que a mesma esteja presente em todo o território nacional.

Além do mais, quanto mais pessoas utilizam das drogas, mais o dilema social da violência e criminalidade, algo já estrutural no Brasil, é inflado como um balão na sociedade brasileira. A droga alimenta pessoas que precisam tirar o foco de suas vidas e trazerem para algo simples, uma substância que supre o emocional diretamente.

Tirar esse foco é mais que suficiente para que todos os problemas sejam resolvidos de forma singela, em contrapartida se esquece de uma coisa, da vida. A droga arranca pessoas de suas casas e as traz para as ruas, mas não como forma de manisfesto dos problemas e crítica ao sistema, mas como parte do próprio dilema social e as insere embaixo de viadutos a mercê da criminalidade, prostituição e deturpação social.

Qual é o meio efetivo de diminuir esse consumo de drogas

Já que o aumento no consumo de drogas no Brasil cria mais dilemas sociais e incita a criminalidade e a violência, qual é o meio efetivo de diminuir esse consumo de drogas? É uma pergunta simples com uma resposta bem difícil, já que as drogas, independentemente de licitude, se enraizaram no país.

Do jeito que se está atualmente, a primeira forma de se estancar o consumo de drogas é primeiramente desenvolvimento de cartilhas preventivas e de ações sociais a respeito das drogas. Deste modo, conhecer sobre as substâncias psicoativas é interessante para não se cair na tentação do uso da primeira viagem. 

Além do mais, incitar a diminuição da venda do álcool, justamente para que menos pessoas tenham acesso. Evitando que as pessoas tenham interesse nas substâncias psicoativas, evita-se que tenha vício e consequentemente dependência.

Outra questão importante é dar um tratamento às pessoas que já estão em fase de dependência química. Fazer um tratamento de acordo, onde pessoas possam se tratar devidamente é uma forma de entender mais sobre a doença, mesmo que não previna as recaídas, mas traz recurso a quem precisa. Por isso, o Encontre Clínicas atua enfaticamente nesta questão. Realizando procedimento particular de interação para pessoas que necessitam de acompanhamento terapêutico para dependência química. E por fim, diminuir a oferta de drogas dentro do território nacional, já que, se não tiver oferta, mesmo que haja demanda inicialmente, ao longo do processo isso se cessa. Contudo, não é um procedimento fácil. Já que a oferta de drogas envolve um controle enfático grande nas fronteiras do país, e políticas que viabilizem controle de entrada e saída de mercadorias e pessoas mais eficazes.

Fale com nossos especialistas! Atendimento 24 horas. Obtenha ajuda sobre tratamento.

Descubra como nossos consultores podem ajudar você ou seu ente querido a selecionar um tratamento em uma clinica de recuperação . A avaliação por telefone exigirá apenas 5 a 10 minutos do seu tempo. Isso ajudará você a saber sua posição em termos de opções de reabilitação em sua área local.

Compare listings

Comparar