Resgate 24 horas em todo território nacional. +55 44 99155-7195

Auxílio doença para dependentes químicos: Como Funciona?

Entenda como funciona o auxílio doença para dependentes químicos, e onde procurar ajudar para tratamento, veja nosso guia de clínicas mais próximo de você.

Apesar da dependência química ser considerada, por grande parte da sociedade, como falta de caráter ou sinônimo de criminalidade, ela é uma doença. Em várias situações, o dependente químico possui trabalho fixo e contribui para a previdência social. Nestes casos específicos, é possível requerer auxílio doença para dependentes químicos.

No entanto, as pessoas não costumam procurar por este benefício, pois não sabem que eles existem ou não tomam as devidas providências para requerimento.

Dessa forma, o auxílio para dependentes químicos é de direito a praticamente todos que contribuem para a previdência social, sendo um direito do trabalho que deve ser obrigatoriamente garantido.

Logo, esse benefício pode ajudar o trabalhador e a sua família.

Por fim, para você entender melhor sobre isso, nós do Grupo Encontre Clínicas de Reabilitação, construímos esse artigo onde falaremos tudo sobre o auxilio doença para dependentes químicos, mostrando como ele funciona e diversos outros pontos de muita importância.

Por que é possível ter benefício de auxílio doença para dependente químico?

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a dependência química é uma doença progressiva, fatal e incurável.

No entanto, na maioria dos casos, é uma doença do tipo tratável, onde com os cuidados adequados, o indivíduo pode recuperar a sua vida.

Entretanto, para isso acontecer, é preciso que o indivíduo se afaste da sociedade, tendo cuidados médicos, psicológicos e repreendendo a conviver em sociedade.

Assim, a melhor opção em praticamente todas as vezes é a internação, uma vez que ele terá uma equipe adequada e própria para o tratamento daquela dependência.

Ou seja, fazendo que tudo isso seja mais rápido, e assim essa pessoa possa voltar ao convívio social com qualidade de vida.

No entanto, vários dependentes químicos, mesmo com a doença, ainda conseguem manter o emprego e sustentar a família.

Então, deve haver garantia que isso continue acontecendo por meio do auxílio doença.

Quem tem direito ao auxílio doença para dependentes químicos?

Possuem direito ao auxílio doença para dependentes químicos os trabalhadores que comprovarem na perícia médica a sua doença por meio de laudos médicos, assim como a solicitação do pedido de internação.

Em vista disso, é necessário que o indivíduo procure o médico especialista, normalmente um psiquiatra, para que o encaminhamento seja feito.

Geralmente não há dificuldades, sendo essencial apenas os documentos comprovatórios e necessários para aprovação do auxilio doença para dependentes químicos.

Quais são os procedimentos para requerer o auxílio doença para dependentes químicos?

Sendo reconhecida a doença, o médico deve dar atestado de 15 dias para que o trabalhador possa apresentar ao local em que trabalha.

O pagamento dos 15 dias é feito pela empresa do trabalhador.

Depois do 16º dia, é possível agendar a perícia médica com o atestado da quantidade de dias de afastamento, que deve ser segundo o período de internação, o qual é normalmente de 180 dias, ou seis meses.

A empresa pode realizar o alongamento, contudo, se ela não o fizer, ele poderá ser realizado pela internet, no site da previdência social.

Por fim, para conseguir o auxílio doença para dependente químico, é preciso passar pela perícia médica com os documentos de internação, laudos médicos e tudo que está relacionado à doença e seu tratamento.

Ainda vale citar que o procedimento pode até ser feito por um representando legal, por meio de procuração e autorização judicial, mas sendo necessário as vezes a presença física do dependente.

Quais documentos apresentar no dia da perícia?

Para requerer o benefício do auxílio doença para dependentes químicos, é necessário ter em mãos os documentos que comprovem a doença.

Dessa forma, quando o trabalhador possui, carteira assinada:

  • Declaração do último dia de trabalho na empresa;
  • Documento de identificação (identidade e CPF);
  • Carteira de trabalho;
  • Laudos;
  • Tratamento indicado pelo médico;
  • Documento que informe o tempo de afastamento necessário.

Já quando o trabalhador é autônomo, serão necessários os seguintes documentos:

  • Identidade;
  • CPF;
  • Carteira de trabalho;
  • Carnês de contribuição;
  • Laudos;
  • Tratamento indicado pelo médico;
  • Documento que informe o tempo de afastamento necessário.

Desempregado tem direito ao benefício?

O trabalhador desempregado possui direito ao auxílio doença para dependentes químicos quando o tempo de não contribuição não passe de 13 meses.

Caso contrário, ele não possui direito ao benefício.

Quanto tempo de contribuição é necessário para ter direito ao benefício?

Para possuir direito ao benefício, é necessário ter 12 meses de contribuição em carteira, quando trabalhador registrado, ou em carnê, quando ele for autônomo.

Benefício indeferido: o que fazer?

O benefício pode ser indeferido várias vezes, ocorrendo nas vezes onde a perícia não recebeu os documentos com a comprovação necessária para fazer o afastamento.

Se isso acontecer, é possível recorrer junto ao INSS através do recurso administrativo. Esse percurso possui o prazo de 30 dias para sua resposta.

Onde encontrar a clínica de reabilitação mais próxima?

Agora que você já está com os documentos do auxilio doença para dependentes químicos em mãos, o ideal é começar a sua reabilitação.

E para obter sucesso no tratamento, o ideal é sempre procurar a clínica de recuperação de qualidade e confiança que esteja mais próxima de você.

Até porque, uma das coisas que vai dizer se o seu tratamento vai ser eficaz, começa principalmente na clínica que vai te atender.

Quanto mais qualidade e profissionalismo ela oferece, mais rápida e eficaz pode ser a recuperação.

Dessa forma, nós do Grupo Encontre Clínicas de Reabilitação, estamos aqui para te ajudar justamente nesse ponto.

Isso porque, juntos vamos encontrar a clínica mais próxima de você, que seja mais adequada para aquele paciente, e que tenha a melhor qualidade.

Tudo para que o paciente possa ter uma qualidade de vida novamente, possuindo de volta o bem-estar.

Entre em contato conosco hoje mesmo. Estamos prontos e ansiosos para lhe ajudar nesse momento!

Compare listings

Comparar