Resgate 24 horas em todo território nacional. +55 44 9155-7195

Como conseguir internação involuntária gratuita?

Tem dúvidas sobre como conseguir internação involuntária gratuita? Neste artigo, vamos tirar todas as suas dúvidas quanto a este tema.

Se você ainda tinha dúvidas a respeito se tem como conseguir internação involuntária gratuita, saiba que isso se tornou algo totalmente possível.

Primeiramente, para você conseguir uma internação involuntária, será necessário provar que a pessoa tem o vício em substâncias, e se possível, que isso pode oferecer perigo e/ou danos a sua saúde.

Normalmente, também deve haver provas de que o indivíduo ameaçou, tentou ou causou danos físicos a si mesmo ou a outra pessoa, ou prova de que, se a pessoa não for detida, acabará causando riscos a sua integridade e também de outras pessoas.

Ou, vale também para os casos onde a pessoa deve estar tão incapacitada por drogas ou álcool que não possa prover suas necessidades básicas, incluindo comida, abrigo e roupas, e não há nenhum adulto adequado (como um membro da família ou amigo) disposto a atender a essas necessidades.

Assim, nesses casos, o médico que fará a avaliação poderá indicar a necessidade da internação, e diante desses fatores, você pode conseguir de forma gratuitamente.

No entanto, nesse momento a sua maior dúvida será: como conseguir essa internação gratuita? Como funciona?

Portanto, para que você possa ficar por dentro, nesse artigo explicaremos tudo a respeito de como conseguir internação involuntária gratuita.

O que acontece com os usuários em famílias de baixa renda?

Em famílias de baixa renda, frequentemente vemos histórias de parentes que usaram drogas por muitos anos, e foram até mesmo abandonados na rua.

Desse modo, essa situação tornou-se comum devido à consideração de dois fatores importantes: o desânimo familiar dos indivíduos e a falta de meios financeiros para custear a hospitalização.

No entanto, você precisa saber que a hospitalização se trata de um processo totalmente gratuito por lei, trazendo esperança para seus entes queridos que precisam do tratamento.

Infelizmente, o que acontece é que muitos desses pais não prestam atenção no comportamento dos filhos ou não querem aceitar o problema. O contrário também é muito comum, pois os filhos adultos tendem a não reconhecer os problemas dos pais.

O fato é que para ajudar os familiares dependentes químicos, a família precisa resolver o problema, não o esconder. Para as famílias que não sabem como agir nessa situação, é comum aceitar a todo custo o familiar e deixá-lo de lado, como se fosse um problema institucional.

Depois de deixar a clínica, as pessoas que se desintoxicam encontram uma família completamente despreparada nessas circunstâncias e costumam retomar o uso da substância em um curto período de tempo. O primeiro passo é perceber que sua família tem problemas e você precisa ajudá-los de alguma forma.

Entender o que é dependência química e como ajudar nessas situações é o segundo passo após reconhecer o problema.

Não basta esperar que o drogado faça a sua parte, você também deve fazer a sua. Participe de um grupo de apoio que orienta como entender e agir em cada situação, podendo também compartilhar experiências.

Até porque, durante esse momento uma das coisas que o dependente mais pode precisar é o apoio daqueles que o ama, ajudando-o a mudar de vida.

O que a legislação diz sobre a internação involuntária gratuita?

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a internação involuntária gratuita, está na hora de saber o que a lei diz a respeito.

O Governo Federal começou a perceber que o problema de dependência química no Brasil está crescendo cada dia mais.

Por esse motivo, foi criada a Lei 10216/01, em que caso um psiquiatra solicite a internação do indivíduo, é possível fazê-la de forma involuntária.

Todavia, apenas parentes próximos do indivíduo podem solicitar a internação compulsória, como por exemplo: pai, mãe, tio/tia e avô/avó.

Nem mesmo o esposo ou esposa da pessoa pode exigir a internação do dependente.

Caso não tenha nenhum familiar que se encaixe nesses requisitos, uma possível solução será a internação compulsória, através de determinação judicial.

O que o parente deve observar na internação involuntária gratuita?

Muitas pessoas não sabem como conseguir internação involuntária gratuita, então acabam pensando que essa possibilidade não existe.

Na resolução 01/2015, o Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas estabelece alguns procedimentos que devem ser feitos, visando preservar o bem estar do dependente.

Nesse sentido, para você entender melhor, no artigo 2° desta resolução, encontra-se:

I – Adesão e permanência voluntárias, formalizadas por escrito, entendidas como uma etapa transitória para a reinserção sócio familiar e econômica do acolhido;

II – Ambiente residencial, de caráter transitório, propício à formação de vínculos, com a convivência entre os pares;

III – programa de acolhimento;

IV – Oferta de atividades previstas no programa de acolhimento da entidade, conforme previsão contida no art. 12 desta Resolução;

V – Promoção do desenvolvimento pessoal, focado no acolhimento de pessoas em situação de vulnerabilidade com problemas associados ao abuso ou dependência de substância psicoativa.

Além disso, neste artigo, é destacado que para conseguir a internação involuntária de forma gratuita, deve ser comprovado que a pessoa realmente é dependente de alguma substância, seja ela lícita ou ilícita.

Ainda de acordo com a resolução, os dependentes químicos abrigados na instituição gratuita não podem ser submetidos a nenhum tipo de serviço que seja para obter lucro para o local.

Apesar disso, você precisa saber que ainda existem atividades realizadas na clínica, como:

  • Higiene pessoal;
  • Arrumação e limpeza dos pertences;
  • Participação na elaboração de refeições e limpeza da cozinha;
  • Participação na organização e limpeza dos espaços coletivos;
  • Programação e eventos de comunidade;

Além dessas, você precisa ficar ciente que outras atividades também vão ocorrer.

No entanto, saiba que na maioria das vezes, o principal intuito das atividades é promover a interação entre os indivíduos e a conscientização de como as drogas podem deixá-los extremamente vulneráveis.

Existem algumas dinâmicas que ajudam também os viciados em drogas.

Quais órgãos podem auxiliar na busca pela internação grátis?

Os familiares ou o dependente podem contar com algumas instituições para saber como conseguir internação involuntária gratuita.

Os principais órgãos do Governo Federal que possuem a função de auxiliar nesta busca são: CAPS, CREAS, CRAS e UBS.

Dessa forma, basta solicitar a internação involuntária do dependente para os órgãos responsáveis.

Se a pessoa quiser se internar de forma voluntária e não puder contar com nenhum familiar neste momento tão complicado, também é possível solicitar a própria internação no CAPS, CREAS, CRAS e UBS.

Então, a melhor alternativa para você que está procurando como conseguir internação involuntária gratuita, será procurar um desses órgãos que esteja mais próximo de você.

No entanto, é claro que que uma clinica de internação particular vai trazer um suporte bem mais rápido, mas não que procurar esses órgãos seja uma má opção.

A internação gratuita é realmente boa?

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a internação gratuita não possui uma qualidade inferior em relação às clínicas pagas.

Inúmeras pessoas são internadas e se recuperam muito bem nas instituições que oferecem tratamento para o dependente de forma gratuita.

Até porque, geralmente, o esforço que o viciado em drogas faz para se recuperar é equivalente ao sucesso que terá no final da recuperação.

Ou seja, quanto mais esforço e comprometimento existirem, maiores serão as chances de obter bons resultados.

Porém, de acordo com especialistas na área, quando a internação é realizada de forma involuntária, há uma grande probabilidade de o indivíduo não corresponder bem ao tratamento e, consequentemente, ter recaídas.

Ainda, é importante destacar que alguns dependentes químicos também ficam com raiva de seus familiares após a solicitação da internação involuntária.

Apesar da atual crise econômica do Brasil e de suas inúmeras desigualdades, somos um dos únicos países que oferecem a possibilidade de conseguir internação involuntária gratuita.

Dependendo do estado em que a pessoa está inserida, algumas leis podem ser diferentes.

Portanto, para conseguir mais informações sobre o tema, consulte o CAPS de sua cidade e siga os passos listados acima para que você saiba exatamente como conseguir internação involuntária gratuita.

Tem dúvidas sobre como conseguir internação involuntária gratuita? Neste artigo, vamos tirar todas as suas dúvidas quanto a este tema.
Como conseguir internação involuntária gratuita? Atendimento 24 horas – Encontre as melhores clínicas de recuperação do Brasil

Considerações finais

Agora você consegue ver que sim, existe realmente a possibilidade para quem procura como conseguir internação involuntária grátis.

Nesse sentido, mesmo que não seja algo tão simples, com toda certeza se torna uma alternativa para você que deseja mudar a vida de uma pessoa, mas não tem condições de uma clínica particular.

No entanto, você sabia que mesmo diante desses fatos, ainda sim é possível conseguir clinicas de recuperação particulares com precinhos camarada?

Nós do grupo Encontre Clínicas de Recuperação, separamos para você as melhores opções, com excelentes custos benefícios aqui no país.

Então, esqueça a ideia de que clínicas particulares são muito caras, e conheça os nossos parceiros distribuídos por todo o país.

Para saber mais, entre em contato conosco pelos telefones:

(44) 99155-7195 / (44) 3138-2122

(11) 96262-2008

Cuide de quem você ama!

Veja Também:

Compare listings

Comparar