Resgate 24 horas em todo território nacional. +55 44 99155-7195

Como internar um dependente de cocaína: tudo que você precisa saber!

Se alguém pode estar lutando contra um vício em cocaína, saiba como realizar a internação para pessoas que são dependentes de cocaína.

Se você acha que alguém próximo pode estar lutando contra um vício em cocaína, pode ser difícil saber para onde recorrer ou o que fazer para o melhor. Contudo, sem dúvidas, o melhor caminho é saber como internar um dependente de cocaína.

Até porque, o vício em cocaína pode causar sérios problemas físicos e psicológicos, podendo também impactar nos comportamentos da pessoa e causar estragos em todas as áreas de sua vida pessoal e profissional.

Inclusive, você precisa saber que está dentre uma das drogas mais ofensivas, que mais pode prejudicar um dependente.

Ou seja, muitas das vezes essa droga pode trazer esses sintomas cruéis, e que podem prejudicar totalmente a vida de quem faz o seu uso.

Neste artigo, descrevemos como identificar e ajudar um viciado em cocaína. Também forneceremos informações sobre a reabilitação especializada de dependência de cocaína em uma clínica de reabilitação.

Como identificar um viciado em cocaína?

O primeiro passo para obter ajuda para seu ente querido é reconhecer os sintomas psicológicos, comportamentais e físicos do vício em cocaína para que você possa detectar quando eles estão lutando.

Desse modo, para você ficar por dentro, alguns dos sintomas a serem atentos, para ajudá-lo a identificar um viciado em cocaína, incluem:

  • Eles precisam usar mais cocaína, e com mais frequência, a fim de obter o alto que eles almejam;
  • Incapazes de reduzir o uso indevido de cocaína, mesmo que esteja tendo um impacto negativo em sua vida;
  • Eles parecem irritáveis e agitados quando não tomaram cocaína por um certo período de tempo;
  • Agindo de forma secreta e mentem sobre seu paradeiro e uso de cocaína
  • “Emprestam” ou roubam dinheiro, mesmo de entes queridos, a fim de comprar cocaína;
  • Eles não participam mais de eventos e atividades que costumavam desfrutar;
  • Tendem a socializar com outras pessoas que usam cocaína;
  • Eles agem impulsivamente, têm mais energia e são excessivamente confiantes quando estão sob a influência da cocaína. Isso pode fazer com que eles se comportem de forma imprudente e se arrisquem.

Além disso, seu ente querido também pode estar experimentando uma série de sintomas físicos, como sangramentos frequentes nasais por cheirar a droga, insônia, um apetite reduzido e uma frequência cardíaca rápida.

Por fim, se você detectar qualquer um desses sinais, isso pode sugerir que a pessoa desenvolveu um problema de uso indevido de cocaína e precisa de apoio profissional, especialmente de uma clínica de reabilitação.

Como ajudar um viciado em cocaína?

Se você conhece alguém que pode estar lutando contra um vício em cocaína, há uma série de coisas que pode ser feita para ajudá-lo.

Dessa forma, para você saber o que fazer nessa situação, listamos aqui o que fazer quando se trata de ajudar um viciado em cocaína.

Reconhecendo os sinais e sintomas

Você será capaz de detectar quaisquer gatilhos para o uso indevido de cocaína de seu ente querido e notar quando eles parecem estar passando por um momento particularmente difícil.

Por exemplo, você pode notar que eles tomam cocaína depois de um dia estressante ou quando estão preocupados com algo.

Assim, ao estar ciente dos sinais e padrões em seu comportamento, você estará em uma posição muito melhor para apoiá-los.

Por fim, saiba que o erro de muitas gentes é deixar os sintomas e os principais sinais de lado, e acabar agindo muito tarde.

Fale com eles sobre suas preocupações

Se você está preocupado que seu ente querido possa ser um viciado em cocaína, tente uma conversa aberta e honesta com ele sobre suas preocupações.

Nesse sentido, escolha uma hora e um lugar que seja privado e onde eles provavelmente se sintam confortáveis, pois isso tornará mais fácil para eles se abrirem para você sobre o que eles estão passando.

Além disso, iniciar esta conversa também permite que seus entes queridos saibam que você está lá para eles e que eles sempre podem se abrir para você se eles estão lutando.

Portanto, sim, a conversa é o primeiro contato e deve ser essencial durante o processo, principalmente juntos encontrarem a melhor solução para dependência.

Cuide-se

Lidar com um viciado em cocaína pode ser drenante e ter um efeito negativo no seu próprio bem-estar.

Dessa forma, certifique-se de que está dormindo, se exercitando e comendo de forma saudável. Além disso, tire um tempo todos os dias para fazer algo que você goste e achar relaxante, seja ouvindo música, lendo seu livro favorito ou tomando um banho quente.

Assim, quando suas necessidades estão sendo atendidas, você estará em uma posição melhor para apoiar outra pessoa.

Por fim, lembre-se que você não pode derramar nada de um copo vazio.

Ajude-o a procurar apoio profissional

O vício é uma doença, e embora você possa ajudar um dependente até certo ponto, é provável que ele precise de tratamento para sair disso.

Até porque, hoje, esse é o tratamento mais apropriado para a dependência da cocaína, sendo essencial para aqueles que desejam se livrar do vício.

Como internar um dependente de cocaína

Uma clínica de reabilitação pode ajudar um dependente de cocaína a sair do vício, por meio da ajuda de profissionais especializados, como psicólogos, psiquiatras, médicos em geral, etc.

Além disso, em uma clínica de reabilitação será feita uma avaliação para compreender o que deve ser feito em sua jornada de reabilitação, e, depois, começará o processo de desintoxicação, em que os vestígios de cocaína serão removidos do organismo da pessoa.

Ou seja, em resumo, lá uma pessoa que sofre de dependência química, poderá ter acesso a um tratamento adequado, direcionado a aquele problema, aumentando muito as chances de ser tudo rápido e eficaz.

No entanto, é claro que para isso, você precisa ter acesso as melhores clínicas de recuperação para cocaína do Brasil, que só nós Grupo Encontre Clínicas podemos te ajudar.

Até porque, hoje somos referências quando o assunto é a reabilitação de drogas, principalmente a cocaína, ajudando a se livrar de uma vez do vício.

Tudo focado para que o dependente possa ter de volta um convívio social de qualidade, e um bem-estar longe das drogas.

O que você está esperando para oferecer tudo isso a quem ama? Entre em contato conosco agora mesmo e tenha acesso as melhores opções.

5/5 - (2 votes)

Compare listings

Comparar