Resgate 24 horas em todo território nacional. +55 44 9155-7195

Como largar o vício da cocaína? Preciso ir para clínica de recuperação?

Está querendo saber como largar o vício da cocaína? Veja opções de tratamento, Clínica de recuperação para dependentes químicos. Saiba mais.

Dependência química. Duas palavras que exprimem um dos maiores desafios enfrentados pela sociedade contemporânea e veja como largar o vício da cocaína!

Caracteriza-se pelo desejo de possuir e usar, constantemente, drogas de diversos gêneros.

Tal problema é causado, sobretudo, pelo desejo de estar livre de sentimentos como medo, frustração, raiva e ansiedade.

Esse mal tem a capacidade de destruir famílias e arruinar vidas, pelo simples prazer momentâneo e viciante de consumir cocaína e outras drogas!

Geralmente o uso começa por meio de amigos, popularmente chamados pelos pais de más influências, que costumam estimular o uso de drogas e outros problemas associados ao vicio, como o furto e o roubo para comprar ilícitos.

Mas até aí, foram apresentados apenas fatos conhecidos, logo, é preciso que abordemos algo a mais, que seria como largar o vício da cocaína, definitivamente!

Como abandonar o vício da cocaína

Antes de partirmos diretamente para os casos em que a internação em clínica de recuperação se faz necessária, é preciso analisar algumas maneiras mais sucintas para erradicar o problema associado ao uso contínuo de cocaína e outros tipos de drogas!

1-) Fazer uso de medicamentos contra a cocaína

Ao analisarmos a existência de medicamentos que prometem a solução, mesmo que a longo prazo, para o uso desenfreado da cocaína, fica visível que esses colaboram com a melhora na vida de diversos pacientes, o que auxilia na boa convivência com familiares e amigos.

Entre os principais medicamentos que auxiliam na recuperação de dependentes estão o Topiramato e Modafinil, que influenciam em vários processos químicos no cérebro, que estimulam o abandono de vícios.

Para poder utilizar esses remédios, no entanto, é necessário contar com a prescrição médica, feita por psiquiatra que acompanhe o paciente e entenda sua real condição.

2-) Fale com seus familiares e psicólogos

Desabafar sobre seus problemas com familiares, amigos ou até mesmo psicólogos é de suma importância para promover o desejo de abandonar o vício da cocaína, com o objetivo de gerar conversas que encontrem soluções para os desafios cotidianos, ao invés de sufocá-los com drogas.

Clínica de recuperação

Após a leitura dos fatos anteriormente citados, é chegada a hora de falar sobre a temida, mas muitas vezes essencial, clínica de reabilitação para dependentes químicos.

Uma clínica de reabilitação é um local destinado ao combate ao uso das drogas, com a finalidade de melhorar a vida de alguém que decidiu largar, de fato, a dependência química, além de proporcionar melhor convívio entre os familiares e amigos.

Geralmente, o individuo passa cerca de 6 meses internado na clínica, mas esse período pode ser mais curto ou mais longo, dependendo do progresso apresentado pelo paciente.

Benefícios da Internação em clínica de reabilitação

Entre as principais vantagens, destaca-se a capacidade de viver sem o desejo por cocaína e outras drogas.

Essa vantagem acarreta o fim de uma série de problemas relacionados ao uso desenfreado de drogas, como o gasto excessivo de dinheiro, muitas vezes que nem se possui, para alimentar o vício. Ademais, ainda corrobora um melhor desempenho em âmbito familiar, haja vista que todas as vertentes ligadas à cocaína, em geral, atrapalham o relacionamento com os pais, filhos ou cônjuge.

Como funciona o processo de internação em clínica de recuperação?

Primeiramente, quando um dependente químico decide, por vontade de própria, Como largar o vício da cocaína? Preciso ir para clínica de recuperação?, a internação fica conhecida como voluntária e é feita mediante a assinatura, por parte do indivíduo que decidiu ter sua vida resgatada, de uma declaração que comprove que a internação será realizada por desejo do paciente.

Além da internação voluntária, também existem a internação involuntária e compulsória.

Internação involuntária

Quando o dependente realmente não compreende os problemas causados pelo uso das drogas, e o quanto elas afetam sua vida, pode ocorrer a internação involuntária, na qual os familiares, geralmente um dos pais, assinam uma autorização para inserir o dependente químico em uma clínica de reabilitação.

Quando isso ocorre, é de suma importância que o paciente seja examinado por um médico antes da decisão final sobre a internação.

Internação compulsória

A internação compulsória ocorre quando é emitida uma ordem judicial para a internação de alguém, e nesses casos, um laudo médico também é essencial.

Se você chegou nesse conteúdo, é possível, para a felicidade de seus familiares, que você esteja procurando a internação voluntaria, pois tem o desejo de se ver livre do vicio em cocaína e acredite, é possível sim restaurar sua vida e sua dignidade!

Vontade de vencer deve ser essencial

Talvez, o principal alicerce de um dependente químico, que deseja superar o vício da cocaína, seja a vontade de vencer.

Acreditar em si é fundamental para atingir sucesso em tudo na vida. Não seria diferente para o objetivo de largar o vício da cocaína!

É necessário que você acredite que vai conseguir atingir o que tanto almeja, que é ser independente de qualquer droga!

É preciso mentalizar a felicidade dos familiares e dos amigos próximos, ao ver alguém tão especial livre da dependência, livre dos medos, dos problemas e tudo que era sufocado a partir de doses de pó e pedras ilícitas!

Manter o desejo de mostrar a si e a todos que é capaz de vencer qualquer coisa.

E então, as drogas serão apenas parte de uma longa história de vida!

Certa vez, em meio a uma palestra com um importante professor da minha cidade, fiquei sabendo sobre sua trajetória e sobre sua relação passada com as drogas.

Irei contar brevemente sobre o que ele nos contou.

Era apenas um jovem, em seus 16 anos. Acabara de passar em um concurso para uma importante escola técnica, e conheceu as drogas através de alguns “amigos” na saída dessa escola.

Por essa influência, começou a faltar nas aulas, tendo como resultado, a reprovação e exclusão do curso.

Começou a usar drogas diariamente, conseguindo dinheiro por meio de pequenos furtos.

Em um determinado momento, saiu definitivamente de casa e perdeu o contato com os pais por aproximadamente um ano.

Perdeu-se em meio a Cracolândia, principal aglomerado de dependentes químicos de São Paulo!

Lembro-me de ter dito que, para ele, sua vida tinha chegado ao fim, em meio ao caos, esquecido por todos, carregando, sozinho, muitas dores.

Contudo, foi reconhecido pelo irmão, que o levou, mesmo contra sua vontade, para uma clínica de recuperação.

Depois de alguns meses apresentou melhoras e desenvolveu, novamente, o gosto pelo estudo, o que o levou a posteriormente concluir uma graduação e se tornar professor!

Hoje, ele atua em escolas com objetivo de manter a juventude longe dos vícios!

Além disso, casou e hoje tem duas filhas lindas!

O que quero dizer com isso? Que um ponto final pode se tornar uma vírgula!

Nada se acaba com um problema!

Não condicione sua existência ao uso das drogas, busque apenas se livrar delas, para que, no futuro, sejam apenas um pedaço da sua história!

Seus familiares acreditam em você, seus amigos torcem por você, os conhecidos querem ver você melhor! Acredite em si também!

Devo ir para uma clínica de reabilitação?

Se os medicamentos e a busca por resolução dos problemas que geram o uso das drogas não forem suficientes, com toda a certeza você deve ir para uma clínica de reabilitação!

Em uma clínica de recuperação, você estará inserido em um ambiente com a presença de pessoas que partilham do mesmo sonho que você, ver-se livre do vício da cocaína e outras drogas!

Segundo o sociólogo Émile Durkheim, fato social é o ato coletivo de agir e pensar.

Isso significa que o indivíduo tende a reproduzir as atitudes, desejos e anseios das pessoas com quem convive!

Logo, ao estar inserido em um grupo que compartilha do mesmo sonho, de se livrar das drogas, viver em harmonia com a família e conseguir atingir metas posteriores, será muito mais fácil transformar os objetivos em realidade!

Ademais, o auxílio proporcionado pelos colaboradores das clínicas de recuperação de dependentes químicos, contribui fortemente para o processo progressivo, haja vista que psicólogos e os médicos que trabalham nas clínicas oferecem suporte emocional, e estão sempre dispostos a ouvir os desejos, medos e conflitos internos dos pacientes!

Outra vantagem da internação em clínica de reabilitação é o difícil acesso às drogas, situação que faz com que o dependente aprenda a viver sem o responsável por seu vício, desenvolvendo assim, outros prazeres, como a felicidade proporcionada por atividades que visem à diversão, sem a necessidade do uso de qualquer substância.

É muito comum que os pacientes saiam das clínicas com novos sonhos, como iniciar os estudos e ter mais convívio com a família, além de se manterem sempre próximos aos amigos adquiridos no período em que passou na clínica de reabilitação.

Tome a melhor decisão!

Se a sua decisão for, de fato, buscar a internação em uma clínica de recuperação , conte com o Grupo Encontre Clinicas para escolher a melhor clínica.

Tenha em mente as diversas vantagens que você irá alcançar ao optar pela internação e entre em contato conosco www.encontreclinicas.com.br pelo telefone (44) 99155-7195 ou pelo WhatsApp (11) 96262-2008 para tirar todas as suas dúvidas. Já ajudamos milhares de pessoas a mudarem o rumo de suas vidas e ficaremos realizados em poder ajudar você também.

Compare listings

Comparar