Resgate 24 horas em todo território nacional. +55 44 99155-7195

Existe bolsa auxílio para dependentes químicos?

Existe bolsa auxílio para dependentes químicos? Essa é uma dúvida muito comum. Por isso, veja, neste artigo, o benefício do auxílio.

Existe bolsa auxílio para dependentes químicos? Essa é uma dúvida que muitas famílias possuem.

Até porque, considerando que boa parte da população brasileira é baixa renda, investir em um tratamento para dependência pode não ser algo tão fácil.

E, ter acesso a um auxilio, que ajude nesse tratamento, pode ser uma excelente opção, ajudando muitas famílias e até mesmo o próprio dependente, onde caso precise ser afastado das suas atividades remuneradas, poderá ter uma renda.

Essa renda pode ajudar diretamente a família a continuar com o tratamento, e dar todo o apoio necessário ao dependente.

Inclusive, muitas famílias de baixa renda acabam não procurando um tratamento adequado para aquelas pessoas próximas que sofrem com o vício em substâncias, por não conhecer sobre a possibilidade de auxílios.

Às vezes, mesmo sendo vítima do vício, a renda do dependente em sua atividade laboral, pode ser essencial para o sustento da família ou dele próprio, o que gera o receio e a dúvida no momento de buscar um tratamento para dependência.

Portanto, para você ficar por dentro de tudo, falaremos tudo sobre se existe bolsa auxílio para dependentes químicos, e se sim, como ele funciona.

O que é a dependência química?

A dependência química é uma doença cerebral crônica, progressiva e potencialmente fatal que é caracterizada pela perda de controle, negação e recaída.

Além disso, também é marcado pelo uso compulsivo e contínuo de substâncias, apesar das consequências nocivas ou negativas.

A vulnerabilidade de uma pessoa em se tornar viciada parece depender principalmente de três fatores:

Genética: se um indivíduo tem parentes com históricos de problemas com drogas ou álcool, pode indicar que ele enfrenta um risco aumentado de desenvolver vícios em si.

Ambiente: as circunstâncias de como uma pessoa cresce e vive suas vidas – incluindo suas famílias, amigos, pressões de pares, estresses e seus medos e inseguranças inerentes – podem influenciar o risco de um indivíduo usar álcool e drogas indevidamente.

Idade de primeira utilização: A ciência descobriu que quanto mais cedo uma pessoa começa a usar drogas ou álcool, maior o risco de desenvolver vícios.

Por fim, você precisa saber que entender e conhecer o que de fato é a dependência química, e como ela pode ocorrer, é o primeiro passo antes de qualquer coisa.

O que é o bolsa auxílio para dependentes químicos?

Ao se estar em uma clínica de recuperação, é preciso pausar a vida um pouco, pois tratar a dependência química necessita, na maioria das vezes, de um cuidado integral, exigindo toda a atenção da pessoa.

Logo, a internação requer uma pausa no trabalho e na convivência familiar. Porém, as contas não esperam, portanto, uma bolsa auxílio caí muito bem.

Ao entrar nas instituições do INSS, obedecer a alguns critérios e fazer os procedimentos de solicitação de auxílio para paciente em reabilitação química, você pode conseguir esse benefício.

Essa situação é análoga a quando você está com registro e carteira assinada, precisando se recuperar de um acidente de trabalho na empresa responsável por você. Dessa maneira, você possui o direito de se recuperar e se cuidar.

Contudo, se o prazo for maior que 15 dias, o INSS tem de custear você, se você tiver obedecido os parâmetros necessários, pois é a forma da plataforma se prevenir de fraudes e golpes.

Então, ressalta-se que várias pessoas recorrem ao benefício se esquecem dos critérios do INSS, possuindo, assim, sua avaliação negada.

Veja, a seguir, como ele funciona e evite que isso aconteça com você. Logo, existe bolsa auxílio para dependentes químicos.

O benefício existe ou é fake news?

Será que o bolsa auxilio existe? Diante de tantas fake news, é normal duvidar se notícias como benefício para dependentes químicos é verdade ou não.

Mesmo que seja marginalizada e cheia de preconceitos, o transtorno por dependência química é uma realidade. de acordo com a OMS, por meio de um decreto de 2001, afirmou que ela é uma doença grave que necessita de tratamento por meio de recursos terapêuticos.

A bolsa auxílio para dependentes químicos, teoricamente, é disponibilizada exatamente quando o indivíduo está inserido dentro de um processo de reabilitação, como clínicas de recuperação.

No entanto, não basta saber que existe bolsa auxílio para dependentes químicos, é preciso ressaltar que deve-se cumprir os critérios antes de solicitar ao INSS.

Isso porque haverá uma perícia médica que comprovará os problemas envolvidos, sendo imprescindível que o paciente solicite todas as cartas e recomendações médicas em mãos.

Além disso, é preciso que o paciente esteja em abstenção de drogas e em recuperação, sendo contribuinte do fator previdenciário com pelo menos 12 parcelas.

Pessoas que não estão empregadas devem recorrer ao recurso em um prazo de pelo menos 13 meses, pois estão há muito tempo sem contribuir.

Tempo e a remuneração por conta do afastamento

Como já vimos, existe bolsa auxílio para dependentes químicos. Contudo, a remuneração e o tempo de afastamento variam de acordo com uma análise realizada por fatores que envolvem a contribuição, teto salarial, tempo de afastamento, tempo de tratamento clínico, comorbidade e tratamento medicamentoso.

Além disso, haverá o acompanhamento periódico feito por um médico, para avaliar cada caso individualmente.

Durante o período do recebimento do benefício, o foco do indivíduo deve ser sair da situação do vício. Qualquer deslize pode acarretar no cancelamento instantâneo.

Momento da internação!

Após descobrir todas essas informações a respeito de existe bolsa auxilio para dependentes químicos ou não, um ponto muito importante é a internação.

Até porque, será ela que trará de volta as chances de uma pessoa que sofre de dependência, conseguir ter uma qualidade de vida.

E, o primeiro ponto no momento da internação, é escolher a clínica ideal no seu estado para a dependência química sofrida.

Isso principalmente, porque a dependência pode ser por diversos tipos de substâncias diferentes, como também em diversas intensidades, necessitando o acesso a clínica especializada e direcionada a aquele problema.

O Grupo Encontre Clínicas de Recuperação estamos prontos para te ajudar nesse processo! Conte conosco e garanta agora um tratamento de qualidade.

5/5 - (7 votes)

Compare listings

Comparar