Resgate 24 horas em todo território nacional. +55 44 9155-7195

Filme “Tim Maia” retrata o uso de drogas e como afetou a vida do cantor

O filme retrata o uso de drogas a vida de Tim Maia, mas é uma analogia a milhares que vivem nos altos e baixos da dependência química, Saiba mais.

Existem diversos filmes que falam sobre drogas e que trazem à tona a questão da dependência química e a família, outros falam sobre celebridades e como as mesmas lidam com o uso de substâncias psicoativas nos bastidores da fama, o filme “Tim Maia” retrata o uso de drogas e como isto afetou a vida do cantor justamente nesses bastidores.

Usar drogas como meio de fuga é uma prática comum já há algum tempo em nossa sociedade moderna, já sabemos que elas nos acompanham conjuntamente com nossa evolução, o problema é que ao mesmo tempo que a bebida ganhou notoriedade devida a sua fabricação em massa, as drogas tem uma distribuição facilitada, o que faz com que o acesso ao consumo seja disponibilizado.

Então em qualquer cidade do Brasil é possível encontrar aquele lugarzinho obscuro onde se pode comprar algo que pode te deixar doidão e fazer esquecer dos problemas. Mas o maior problema ainda é quando se tem muito recurso para poder fazer consumo. E no caso de pessoas famosas, dinheiro se tem a esbanjo.

Porém, como nem tudo são flores, personalidades famosas têm a mídia para poder relatar suas vidas. Elas não conseguem ficar no anonimato, infelizmente as câmeras as perseguem e suas vidas são expostas mesmo quando não querem que isso aconteça. Desta forma, muitos que tem esse lado obscuro os circundando acabam por infelizmente serem revelados ao público.

Foi o caso de muitos artistas e personalidades famosas internacionais e nacionais, e Tim Maia não escapou dessa lista. Infelizmente o cantor esteve em contato com diversas substâncias psicoativas ilícitas, fora uma vida de esbanjo e Bohemia. Com personalidade forte, o cantor era inusitado, mas ao mesmo tempo que tinha foco, corria atrás da vida do jeito que queria.

O retrato das drogas e como isso afetou a vida do Cantor

Sebastião Rodrigues Maia, ou mais conhecido simplesmente como Tim Maia surgiu nas telonas como um estouro sobre o retrato das drogas e como isso afetou a vida do cantor. Do mesmo jeito que Cazuza, Raul Seixas e Renato Russo também estouraram como ícones e celebridades da música brasileira, todos também tinham algo em comum, as drogas nos bastidores e a falta de controle no uso.

Quando Tim começou a tocar em The Sputniks um dos integrantes da banda era Roberto Carlos, todos tiveram notoriedade e quando isso aconteceu, Roberto os deixou, fazendo com que Tim ficasse desgostoso com a situação. Além do mais, Tim sempre teve uma boca suja tanto nos bastidores quanto na presença das câmaras. Quando ia  em programa de rádio e televisão era pedido para que economizasse no linguajar.

Apesar de ser desbocado, Sebastião tinha um coração enorme, pensava na família e tinha uma namorada paraplégica a qual amava muito. Quando viajou para o exterior com apenas US$12,00, para tentar a vida por lá, voltou com o pensamento de conseguir tratamento para que ela voltasse a andar e passou muito perrengue, chegando a ser preso nos EUA.

Ao chegar no Brasil, deportado pelo serviço de imigração, Tim roubou e foi preso, mas na cadeia não era uma pessoa perigosa. Muito pelo contrário, as pessoas gostavam muito dele. A cadeia foi um marco para Sebastião, justamente porque o fez escolher a música ao invés das loucuras da vida, e a partir disso começou a cantar.

O filme “Tim Maia” retrata o uso de drogas e como isto afetou a vida do cantor, entretanto não só a questão das drogas, mas o temperamento de Tim. Desde sempre o cantor tinha um “gênio forte”, o que ao longo do apego com as drogas se tornou cada vez pior.

Tim sempre foi muito sincero e tinha um humor sarcástico mas engraçado ao mesmo tempo, porém, com o uso de entorpecentes foi ficando cada vez mais difícil a sua convivência, especialmente a questão da violência verbal e agressividade. Os pensamentos também eram como tempestades, iam e vinham, eram incoerentes, uma hora era uma coisa e de repente mudava. Tim Maia simplesmente ia da água pro vinho em questão de minutos.

Drogas e temperamento forte é um estopim para brigas e confusões, e como isso é retratado na vida de Tim Maia

Conforme anteriormente declinado, Sebastião sempre teve uma personalidade forte, incisiva e presente por onde quer que passasse, entretanto as drogas e temperamento forte é um estopim para brigas e confusões, e como isso é retratado na vida de Tim Maia ao ponto de levá-lo a atitudes incoerentes? 

Tim fumava maconha, cheirava cocaína, suava, transpirava, ficava perdido, não sabia o que fazer. Chegou ao ponto de abandonar os shows e ir brigar nos bastidores e isso é demonstrado no Filme “Tim Maia” retrata o uso de drogas e como isto afetou a vida do cantor ao longo dos abusos e da perda de controle gradual.

Ao mesmo tempo que isso foi acontecendo, o retrato das drogas e como isso afetou a vida do cantor ficou demarcado cada vez mais pelos episódios explosivos e de brigas. Tim, por não saber se controlar, chegou a dar um tapa na cara de uma namorada, Janete, onde a polícia teve que intervir. 

Depois de altos e baixos Sebastião, leu por acaso um livro chamado Universo em Desencanto, onde acreditou na literatura. A partir disso mudou seu estilo de vida durante um tempo. Entretanto, uma certa vez, tirou a roupa, a queimou, fumou maconha, bebeu um monte e comeu uma carne sangrenta.

O filme retrata a vida de Tim, mas é uma analogia a milhares que vivem nos altos e baixos da dependência química

Drogas e temperamento forte é um estopim para brigas e confusões, e como isso é retratado na vida de Tim Maia ao ponto de levá-lo a atitudes incoerentes, conjuntamente o filme retrata a vida de Tim, mas é uma analogia a milhares que vivem nos altos e baixos da dependência química. O retrato das drogas e como isso afetou a vida não só apenas do cantor, mas de todos os dependentes químicos e alcoólatras.

Assim como no temperamento, muitos que estão sob efeito de substâncias tendem a estar envoltos na incoerência de suas atitudes. Tim foi reflexo disso no final de sua carreira. Muitos no desespero, também o fazem sem ao menos perceber. Deste modo, a droga é insana, e causa atitudes irracionais.

Por fim, o filme “Tim Maia” retrata o uso de drogas e como isto afetou a vida do cantor, mas ao mesmo tempo nos traz a reflexão do quanto as substâncias psicoativas são perigosas, e se pessoas que já tem uma personalidade forte fazem seu uso, podem se prejudicar mais rapidamente ainda, se isolando e caindo em um poço sem fim.

Fale com nossos especialistas! Atendimento 24 horas.

Descubra como nossos consultores podem ajudar você ou seu ente querido a melhor melhor maneira para deixar o vício, conheça tratamento em uma clinica de reabilitação  . A avaliação por telefone exigirá apenas 5 a 10 minutos do seu tempo. Isso ajudará você a saber sua posição em termos de opções de reabilitação em sua área local.

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é atendimento_24_horas.svg

Compare listings

Comparar