Resgate 24 horas em todo território nacional. +55 44 9155-7195

Onde buscar ajuda para dependentes químicos?

O melhor lugar para buscar ajuda para dependentes químicos é em uma clínica de recuperação especializada no tratamento, Atendimento 24 horas.

O melhor lugar para buscar ajuda para dependentes químicos é em uma clínica de recuperação especializada nisso.

Podemos dizer que existem outros caminhos e outras formas de ajudar um dependente químico a prolongar sua vida, melhorar sua saúde, recuperar sua conexão com o mundo e até se livrar definitivamente das drogas, mas para dar uma resposta direta e concisa sobre a melhor forma de ajudar um dependente químico, a resposta é: internação em clínica para tratamento de dependência química.

Essa verdade pode ser, e é, muito dolorosa para muitas pessoas, inclusive para o próprio dependente, que não consegue, muitas vezes, entender que está sendo tratado e cuidado e enxerga, principalmente no início, a internação como uma punição, um tipo de castigo pelo seu mau comportamento.

Muitas vezes, o próprio meio familiar faz com que ele passe a ver dessa forma.

A Clínica de reabilitação não é uma punição, é o caminho para a solução

Não é incomum que a internação seja usada como uma ameaça para o viciado.

“Se você não parar de beber, vou te internar”.

“Se você pegar dinheiro daqui de casa, de novo, vou te internar”.

“Se você encostar a mão em mim, vou te internar”.

Se você já disse alguma dessas frases, a primeira coisa a dizer para você é: PARE!

E a segunda é: interne!

Se a situação na sua casa ou na sua família já chegou ao ponto de você precisar pensar na internação é porque ela é necessária.

Se não fosse, o problema já estaria resolvido, seu familiar já teria largado as drogas e vocês estariam vivendo harmoniosamente.

Se você nunca disse nada desse tipo para o seu familiar que está usando drogas, a primeira coisa a dizer para você é: não diga.

Jamais use a internação como uma ameaça.

A clínica de reabilitação não é uma cadeia e seu propósito não é punir quem está internado, muito pelo contrário.

O dependente químico é uma pessoa que precisa, antes de tudo, de ajuda

Caso o viciado tenha cometido algum crime ou violência, deve pagar por isso nos termos da lei, porém, a própria lei compreende que uma pessoa que está tomada pela dependência química, precisa de tratamento, mais do que de punição.

A clínica de reabilitação é um local muito diferente de um presídio ou de uma cadeia.

O ambiente é limpo, as alimentações são saborosas e preparadas com amor, os profissionais tratam o paciente com respeito, dignidade, compreensão e sem julgamentos, os relacionamentos e amizades são incentivados e apoiados, o paciente tem direito e acesso à religião, culto, esporte, lazer, terapia e tudo que pode ser feito para que ele se sinta bem e feliz, é feito.

Com o tempo, o próprio paciente percebe o quanto a clínica está proporcionando a ele as condições ideais para retomar sua vida, com dignidade, saúde, capacidade e autocontrole.

Levar o dependente para conhecer uma clínica é uma forma de fazê-lo perceber que o ambiente é positivo e que não será uma tortura para ele passar um tempo internado, em tratamento.

Quando o dependente químico se recusa a ser internado, a família pode entrar com um pedido de internação involuntária e internar o familiar, mesmo contra sua vontade.

A pessoa perde o emprego se for internada em uma clínica de recuperação?

Quando entramos no assunto da internação involuntária, é comum que haja uma preocupação relacionada ao emprego do adicto (quando ele ainda consegue se manter em um), pois se ele for internado, não poderá mais comparecer ao trabalho.

Nesse caso, não há nada o que se preocupar.

Se o dependente químico tiver emprego registrado em carteira ou se ele for MEI e estiver em dia com suas obrigações de pagamento, terá direito a receber seu salário regularmente, a princípio através do uso do atestado médico e posteriormente, pelo afastamento através do INSS, visto que dependência química é doença incapacitante e a internação para tratamento justifica esse afastamento, que garante que ele não ficará sem remuneração durante o período em que estiver internado.

Quando sair da clínica, ainda terá direito a continuar afastado caso tenha sido diagnosticado com depressão ou qualquer outro transtorno mental que o incapacite para o trabalho.

Quando não houver meios de mantê-lo afastado, ele terá estabilidade garantida por um período e se vier a ser demitido posteriormente, terá direito a todos os valores de rescisão, FGTS, seguro desemprego, entre outros.

Considerando todos esses aspectos, não há porque ter receio da internação, quando o assunto é a manutenção do emprego e da fonte de renda familiar.

A própria clínica de recuperação pode ajudar a família do adicto a se organizar com as questões burocráticas, a fim de que nada falte para o dependente químico e para as pessoas que dependem dele.

Internação para dependentes químicos pode ser gratuita

Muitas famílias deixam de internar uma pessoa querida que precisa de ajuda para abandonar as drogas porque imagina que o custo de uma internação é altíssimo e impossível de ser pago.

É verdade que existem clínicas de alto padrão que cobram mensalidades consideradas muito caras para a maioria das pessoas.

Essas clínicas, no entanto, tem seu valor justificado pela sua infraestrutura, localização, tipos de alimentação servida, tipos de atendimentos médicos disponibilizados, tipos de terapias e vários outros detalhes.

Para que as pessoas possam entender como uma clínica de reabilitação pode justificar altos investimentos, existem clínicas que utilizam terapias como acupuntura, massoterapia, cromoterapia, hipnoterapia e outros recursos para auxiliar o dependente químico a superar sua dependência.

A maioria das clínicas utiliza técnicas muito confiáveis, mas que não são tão específicas quanto as citadas acima e contam com o apoio de terapeutas ocupacionais, psicólogos e psiquiatras em seu quadro, mas não têm um funcionamento similar ao de um SPA, que é o que muitas vezes pode ser encontrado em uma clínica de alto padrão.

Além de existirem essas clínicas tradicionais, que possuem valores mais acessíveis, também é possível conseguir a internação em clínicas gratuitas, vinculadas a instituições religiosas ou ONGS, que oferecem atendimento por valores simbólicos, doações e até mesmo gratuitamente, possibilitando que mesmo quem não possui nenhum recurso financeiro, possa ter acesso a um tratamento de combate à dependência química e recuperar sua vida, sua família e sua dignidade.

Outra forma de conseguir a internação é através do plano de saúde.

Plano de Saúde é obrigado a pagar internação para dependente químico

Se o dependente químico tiver um plano de saúde com cobertura ao tratamento de doenças mentais e seu plano seja hospitalar, ele poderá ser internado através do plano, sem que ele ou a família precisem pagar nada além da mesma mensalidade que já estavam pagando antes da internação.

Há alguns planos de saúde que informam que oferecem a cobertura para internação por um período determinado, porém, o segurado tem direito à cobertura integral e a família pode fazer essa solicitação através da Agência Nacional de Saúde ou judicialmente, pois já há jurisprudência sobre o assunto, ou seja, não há motivo para se preocupar com isso.

Como saber se a clínica de recuperação é segura e se é boa?

Para finalizar esse artigo, não poderíamos deixar de levar em conta a preocupação que a família tem ao escolher uma clinica para internar um parente que está vivendo problemas com drogas.

É comum que a família tenha medo que o dependente químico sofra violência, seja obrigado a trabalhar, seja dopado ou obrigado a mentir para a família durante a internação.

Infelizmente, existem casos de clínicas clandestinas que transformam a doença do dependente em um verdadeiro trauma para ele e para a família, mas, em contrapartida, não é difícil descobrir se uma clínica é idônea e segura, ou não.

Clínicas sérias atuam de acordo com a legislação e contam com todas as autorizações para funcionar, atuam com médicos credenciados e que estão em dia com suas obrigações, recebem inspeções periodicamente, inclusive de surpresa, e são transparentes em relação ao tratamento oferecido para seus pacientes.

Além disso, existem companhias, como o Grupo Encontre Clínicas, que conhecem profundamente o funcionamento das clínicas de reabilitação e são capazes de indicar para você a melhor clínica para tratamento do seu familiar, de acordo com o perfil socioeconômico, com o tipo de vício, com o histórico de vida e considerando todas as suas particularidades.

Se você quiser conhecer mais sobre o nosso trabalho e contar com a nossa ajuda para saber mais sobre como uma clínica de recuperação pode mudar a história da sua família, entre em contato pelo nosso telefone fixo (44) 31382122 ou pelo nosso WhatsApp (11) 96262-2008 e deixe-nos ajudar.

São milhares de vidas recuperadas e dessa vez, a mudança será na vida de quem você ama!

Esperamos seu contato!

Compare listings

Comparar