Resgate 24 horas em todo território nacional.

Onde internar um alcóolatra

Onde internar um alcóolatra, sem dúvida é um dos maiores questionamento para quem possui um dependente na família. Encontre Clínicas Recuperação Alcoólatra

Sem nenhuma dúvida, o questionamento sobre onde internar um alcóolatra é um dos maiores para quem possui um dependente na família.

Procurar por um local adequado é essencial para que seja possível garantir que o dependente do álcool irá ter uma recuperação plena e total, para que assim possa voltar para sua vida habitual.

Por isso mesmo é que é importante conhecer mais não só sobre as clínica de recuperação para alcoólatras, mas também sobre as formas de internação existentes.

Pensando nisso tudo, resolvemos trazer esse artigo contendo todas as informações mais importante sobre o assunto.

Quer saber tudo? Então não deixe de acompanhar esse texto até o final.

Vamos lá!

Clínica de recuperação para alcóolatras

A primeira coisa a saber antes de falar sobre onde internar um alcóolatra é conhecer os locais em que isso pode ocorrer.

As clínicas de recuperação são os locais indicados para que essas pessoas, que estão em um momento difícil de dependência do alcoolismo, possam reabilitar-se para uma vida normal.

Assim, uma clínica de reabilitação para alcóolatras é um local em que dependentes químicos irão estar recebendo tratamento e acompanhamento profissional para garantir a recuperação completa.

Nas clínicas de recuperação, os pacientes que sofrem com o alcoolismo irão passar por terapias como desintoxicação e terapia comportamental com psicólogo, de modo que possam superar o vício que possuem.

As clínicas de Recuperação são compostas pelos mais diferentes profissionais da saúde, como psiquiatras, psicólogos, nutricionistas, enfermeiras, educadores físicos, terapeutas e cuidadores.

Mas como internar uma pessoa em uma clínica de reabilitação?

Se você possui essa dúvida, então não deixe de acompanhar os tópicos seguintes, onde iremos mostrar tudo sobre os tipos de internação existentes.

Tipos de internação em clínica de recuperação

A próxima etapa de saber onde internar um alcóolatra é conhecer como deve ser feita a internação em uma clínica de recuperação especializada.

Existem três possibilidades de internação: a voluntária, a involuntária e a compulsória.

A seguir, mostraremos a você cada uma delas!

Internação voluntária

O primeiro tipo de internação a ser conhecido é a internação voluntária, ou seja, aquela que é feita com o consentimento do dependente químico.

De forma geral, o dependente, nessa situação específica, possui uma certa noção sobre o problema que possui e, por isso, ele mesmo acaba por buscar ajuda especializada.

Para ser internado em uma clínica de recuperação, o dependente químico precisará assinar um termo de consentimento, deixando claro que está entrando no local de livre e espontânea vontade.

Quando ele for ter alta, a mesma pode ser dada de duas formas: por pedido do próprio paciente ou por alta do médico responsável.

Caso o paciente requisite sua própria alta, ele também deve assinar um termo de consentimento mostrando que o está fazendo por vontade própria.

No caso da internação voluntária, o dependente químico pode pedir por ajuda da família para que seja possível encontrar o local certo em que ele será internado.

Internação involuntária

A internação involuntária é aquela em que não há o consentimento do dependente do álcool, ou seja, que é feita contra a vontade dele.

Normalmente, esse tipo de internação é feito quando a pessoa não possui mais possibilidade de avaliar se possui ou não um vício e, além disso, ela também nega qualquer problema ou dependência do álcool.

A internação de forma involuntária é requisitada pela própria família, que percebe que aquela pessoa tornou-se um risco para si própria e para todos ao seu redor.

O médico responsável pela clínica deve realizar a avaliação do paciente, ao chegar no local, para dar o parecer sobre se é necessária a internação e qual será o tratamento indicado para ele.

No caso da alta, a internação involuntária só permite que ele seja dada pelo próprio médico da clínica de recuperação, ou seja, a família e o próprio dependente não podem requisitá-la.

Outro ponto importante é que o Ministério Público do Estado onde a clínica está localizada deve ser informada no caso da entrada e da saída do paciente internado involuntariamente.

Apesar de essa ser uma decisão difícil para muitas famílias, ela é muito indicada para garantir o bem-estar do dependente de álcool.

Após algum tempo de internação e tratamento, o próprio paciente reconhece como aquilo foi positivo para ele e torna-se grato à sua família pelo auxílio que recebeu.

Internação compulsória

O último tipo de internação existente é a internação compulsória e há muitas pessoas que ainda não a conhecem.

Esse tipo de internação é bastante similar com a involuntária em termos de que o paciente não decide que deseja ser internado, ou seja, é feita contra o desejo ou consentimento dele.

Entretanto, não é a família que decide se o dependente de álcool irá ou não ser internado, mas sim um juiz que irá expedir uma ordem de internação.

A ordem do juiz deverá ser baseada em um laudo ou parecer médico que comprove que aquela pessoa realmente necessita de internação, por oferecer risco a sua própria vida e às pessoas ao seu redor.

Ela costuma ser a última opção de internação, quando todas as outras já falharam anteriormente, ou seja, quando outras opções de tratamento ou mesmo de internação não tiveram efeitos positivos.

Quando não há como convencer aquele dependente de álcool que ele possui um problema ou que ele deve buscar um tratamento o quanto antes, então a internação compulsória é indicada.

A internação compulsória é muito indicada para pessoas que são alcóolatras e moram nas ruas, tornando-se extremamente agressivas e um risco para aquelas que transitam pelo local.

Assim, essa é uma forma de tratamento para alcoolismo, nesse caso, como um problema de saúde pública.

O apoio familiar ajuda bastante o dependente a recuperar-se, principalmente em um tipo de internação como esse em que, muitas vezes, ele estava distante de todos.

Quanto custa a internação de um alcóolatra?

Um outro ponto comum de dúvida a respeito de onde internar um alcóolatra é sobre quanto custa uma internação.

A resposta é: depende.

Há muitos fatores que influem no quanto irá custar, por mês, a internação de uma pessoa que é alcóolatra, então é preciso levar isso em consideração.

Por exemplo, em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, o valor a ser pago pela internação será mais alto do que em capitais como Teresina e Belém, apenas a título de exemplo.

Mas esse não é o único fator que impacta no valor a ser pago por uma internação de um alcóolatra em uma clínica de reabilitação.

A infraestrutura do local também tem um grande peso sobre o preço de uma internação, já que aquelas clínicas mais completas tendem a cobrar bem mais alto.

É o caso daquelas que possuem piscina, academia e campo de futebol, por exemplo, que tendem a ser mais caras do que as clínicas que são mais simples.

O tempo de internação do paciente ou o tempo de duração do tratamento também interferem no valor, pois quanto mais tempo ele necessitar passar na clínica, mais alto será o preço a ser pago pela internação.

Conclusão

Como você viu, muitas dúvidas surgem quando o tema é onde internar um alcóolatra, já que há muitas pessoas com dependentes de álcool na família que não tem conhecimento sobre internação.

Neste texto, mostramos a você onde ocorre a internação de um alcóolatra, que deve ser realizada em uma clínica de recuperação especializada para tal, de modo que ele possa receber o tratamento adequado.

Caso você esteja em dúvida sobre onde procurar uma clínica para internação de uma pessoa dependente de álcool, então conte conosco, da Encontre Clínicas, para achar o melhor local para tratar seu ente querido.

Gostou do artigo de hoje sobre onde internar um alcóolatra?

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, escreva-a abaixo nos comentários para que eu possa ajudá-lo.

Fale com nossos especialistas! Atendimento 24 horas. 

Atendimento 24 horas via whatsapp

Descubra como nossos consultores podem ajudar você ou seu ente querido a selecionar um tratamento em uma clínica de recuperação  adequada. Uma avaliação por telefone exige apenas 5 a 10 minutos do seu tempo. Isso ajuda você a saber sua posição em termos de opções de reabilitação em sua área local. 

Compare listings

Comparar