Resgate 24 horas em todo território nacional. +55 44 99155-7195

Quais sinais podemos identificar para evitar uma recaída?

sinais para evitar uma recaida

Para alguém que luta com um problema de abuso de substâncias, manter a sobriedade é muitas vezes um desafio diário.  Dessa forma, é de suma importância saber quais são os sinais para identificar e evitar uma recaída.

Até porque, descobrir que uma recaída está próxima de ocorrer, pode ajudar a evitar que o dependente venha a sofrer com esse problema, e alguma ação possa ser feita o mais breve possível.

Ou seja, evitando que tudo isso seja ainda mais grave, e que o dependente e sua família venham a sofrer ainda mais danos.

Por fim, confira a seguir os principais e saiba o que fazer diante essa situação, para evitar que uma recaída venha a ocorrer.

Como funciona o processo de recaída?

Antes de você ver quais são os sinais para identificar e evitar uma recaída, é importante entender como funciona esse processo.

Até porque, o potencial de recaída está sempre presente, mas conhecer sinais para identificar e evitar uma recaída pode ajudar a evitá-la.


Dessa forma, é importante que amigos e familiares sejam informados sobre o que procurar como possíveis gatilhos para recaídas, monitorando, e tomando providências com maior brevidade.

Indivíduos que se recuperam de qualquer tipo de vício geralmente experimentam pelo menos uma recaída. A recaída pode ser especialmente perigosa para alguém que se absteve do uso de drogas por um longo tempo.

Aqueles que estão em recuperação por um longo período de tempo perderão sua tolerância à droga de abuso, e tomar a quantidade que estavam acostumados a consumir durante o auge do abuso pode resultar em overdose e até morte.

Inclusive, o vício é uma doença crônica, tornando a recaída uma possibilidade, não importa quanto tempo a pessoa tenha se abstido do abuso de substâncias.

Nesse sentido, uma vez que a recaída ocorre, pode ser difícil para um indivíduo voltar ao caminho da recuperação.

Eles provavelmente sentirão o forte desejo de continuar a usar uma vez que o façam uma vez.

Por fim, como resultado, levar alguém de volta ao tratamento o mais rápido possível após a recaída é crucial para sua saúde e recuperação a longo prazo.

As fases da recaída

A recaída é mais um processo do que o evento singular de retomar o uso.

Nesse sentido, para entender a recaída, saiba que ela é principalmente dividida pela medicina 3 etapas:

  1. Emocional;
  2. Mental;
  3. Física.

Primeiramente, a recaída emocional costuma ser o estágio inicial da recaída e ocorre antes que alguém em recuperação comece a considerar o uso novamente.

Dessa forma, o indivíduo geralmente começa a experimentar respostas emocionais negativas, como raiva, mau humor e sentimentos de ansiedade.

Esses são os primeiros sinais de alerta de que uma pessoa em recuperação pode estar entrando em processo de recaída, e é importante reconhecê-los o mais rápido possível.

A recaída mental é a segunda etapa do processo. Essa é frequentemente um momento de luta interna para uma pessoa em recuperação, pois parte dela deseja permanecer no caminho da sobriedade a longo prazo.

No entanto, devido ao vício e a abstinência, a sua luta e força de vontade precisa ser ainda maior, uma vez que os desejos são fortes.

Sempre pode haver uma parte de uma pessoa que queira usar novamente, razão pela qual o vício é considerado uma condição crônica.

À medida que esta fase do processo de recaída avança, surgem pensamentos diretos sobre o uso e, neste ponto, é muito difícil interromper o processo. Quando alguém que lida com o vício decide que vai usar, geralmente é apenas uma questão de tempo até que o faça.

Uma vez que a recaída mental ocorre, geralmente não leva muito tempo para progredir para o estágio de recaída física.

Já a recaída física ocorre quando uma pessoa consome a substância, quebrando sua sobriedade.

Logo, usar apenas uma vez pode resultar em desejos intensos de continuar usando, e o potencial de voltar ao abuso consistente de substâncias será alto.

Sinais para identificar e evitar uma recaída

Reconhecer os sinais de alerta antes de uma recaída é a melhor maneira de evitar que ela ocorra.

Primeiramente, e por incrível que pareça, um sinal de alerta muito comum é a romantização do uso de drogas.

Uma pessoa em recuperação pode começar a reviver os dias de abuso de drogas e olhar para trás com uma luz positiva.

Dessa forma, ele começa a ter uma visão positiva de todos os bons momentos percebidos que eles tiveram, podendo ser um gatilho perigoso que planta a ideia de usar novamente em sua mente.

Esta é uma incursão na recaída mental, que pode resultar rapidamente em recaída física e completa.

Até porque, é fácil para um indivíduo viciado se lembrar apenas dos aspectos positivos de seu abuso e esquecer toda a angústia que isso possa ter causado.

Uma pessoa em recuperação pode começar a acreditar que pode usar novamente sem voltar ao vício.

No entanto, um vício nunca desaparece; é uma condição crônica que precisa ser tratada continuamente.

Assim, um indivíduo pode pensar que está preparado para usar casualmente devido ao que aprendeu na recuperação.

Mas, como sabemos, não é bem assim que funciona, e as chances de ter prejuízos ainda mais graves é muito grande.

Por fim, além da romantização do uso de drogas, saiba que ainda existem alguns outros sinais para identificar e evitar uma recaída, que são:

  • Euforia;
  • Depressão;
  • Impaciência;
  • Desonestidade;
  • Falta de disciplina.

O que fazer em uma recaída?

Acima você pôde conhecer os sinais para identificar e evitar uma recaída.

No entanto, você sabe o que realmente fazer em uma possível recaída novamente para as substâncias químicas.

Querendo ou não, a melhor opção para fazer o tratamento nesse caso, é buscar por uma clínica de recuperação para dependentes químicos mais próxima.

Até porque, se a recaída veio a acontecer, ter um tratamento de qualidade no primeiro estágio dessa “volta”, é essencial para ajudar o dependente a se livrar de uma vez por todas dessas substâncias.

E, inclusive, diante dessa situação, saiba que nós do Grupo Encontre Clínicas, somos referência em relação a tratamento para dependência química, possuindo unidades em todo o Brasil, à disposição para te ajudar nessa situação.

São clínicas com atendimento 24 horas, que podem te ajudar diretamente em um resgate imediato, junto a um corpo de profissionais especializados e prontos para oferecer o melhor e mais eficaz tratamento contra o vício em drogas.

Estamos a disposição para te atender. Entre em contato agora pelos telefones:

(44) 31382122

(11) 96262-2008

encontre clinicas 2

A Encontre Clinicas Brasil é uma empresa de referência nacional com grande experiência no direcionamento e auxílio no tratamento e encaminhamento para internação de dependentes químicos, residencial para idosos, além de oferecer todo suporte necessário aos familiares.

Compare listings

Comparar