Resgate 24 horas em todo território nacional. +55 44 99155-7195

Qual é a melhor maneira para deixar o vício?

O vício pode destruir completamente vidas. Veja neste artigo algumas dicas que vão te ensinar qual é a melhor maneira para deixar o vício.

O vício, se não for tratado corretamente, pode destruir completamente vidas e trazer uma série de danos muitas vezes irreversíveis.

No entanto, a boa notícia nisso tudo, é que o vício uma vez tratado, pode trazer de volta todo o bem-estar, junto com sua saúde física e mental.

Porém, claro, deixar o vício seja ele de álcool ou drogas, em muitas das vezes, está longe de ser algo simples e fácil de acontecer.

Portanto, para você entender como fazer isso, veja nesse artigo, algumas dicas que vão te ensinar qual é a melhor maneira para deixar o vício.

1. Admita que há um problema

A parte mais difícil para a recuperação é admitir que você tem um vício.

Dessa forma, saiba que distúrbios do uso de substâncias afetam o cérebro fazendo com que ele procure desculpas e justificativas para continuar usando.

Admitir um problema mostra que você tem coragem de enfrentar seu vício e suas causas subjacentes.

Há vários lugares para pedir ajuda; no entanto, ter um sistema de suporte sólido é essencial em qualquer abordagem de tratamento que você escolher.

Por fim, se você não está pronto para recorrer a amigos ou familiares, considere falar com um terapeuta, médico ou até mesmo procurar uma clínica de recuperação.

2. Reflita sobre seu vício

Tire um tempo para refletir sobre o que é importante para você, como o vício afetou negativamente sua vida e todos aqueles próximos.

Comece a enxergar como sua vida pode melhorar com a sobriedade, os patamares e onde você pode chegar.

A maneira mais fácil de refletir efetivamente é manter um diário, onde com ele, você pode se ajudar a iniciar um plano para parar o vício para ajudar a identificar padrões, gatilhos, objetivos e motivadores.

Por fim, por mais simples que seja, sem dúvidas, refletir sobre qual é a melhor maneira para deixar o vício já é um começo.

3. Busque apoio profissional

O programa de tratamento de uma clínica de recuperação oferece um ambiente pacífico e estruturado para iniciar o processo de recuperação de drogas e álcool.

Dessa forma, elas possuem equipes 24 horas treinadas em diversas opções de tratamento para fornecer o programa de tratamento mais individualizado e eficaz para cada residente.

Assim, as opções de tratamento incluem:

  • Terapia Individual;
  • Terapia em Grupo;
  • Grupos de suporte de pares;
  • Terapia familiar
  • Aconselhamento de Dependência Química;
  • E dentre diversos outros.

Qual é a melhor maneira para deixar o vício? Sem dúvidas, buscando ajuda profissional.

4. Apreciar os benefícios da sobriedade

A vida sóbria permite que você recupere os aspectos positivos de sua vida. Clínicas de recuperação abordam distúrbios que ocorrem como depressão e ansiedade que podem impactar o vício.

Sendo assim, ao tratar ativamente esses aspectos, as pessoas em recuperação muitas vezes se encontram desfrutando:

  • Um maior senso de liberdade;
  • Melhor saúde mental e física;
  • Melhor estabilidade financeira;
  • Relações mais saudáveis com amigos e familiares;
  • Mais tempo para gastar no que realmente importa para eles.

Por fim, entenda que ter força de vontade para se livrar do vício é um dos pontos principais para quem sofre com esse problema.

5. Identifique seus gatilhos

Um gatilho é algo que causa uma reação emocional baseada na experiência. Com o vício, um gatilho pode muitas vezes causar uma poderosa vontade de usar novamente.

Nesse sentido, alguns gatilhos comuns incluem:

  • Estresse;
  • Emoções desconfortáveis;
  • Pistas Ambientais;
  • Isolamento Social;
  • Doença Mental ou Física.

Por fim, uma vez que possamos identificar esses gatilhos, podemos gerenciá-los desenvolvendo habilidades saudáveis de enfrentamento.

6. Mude seu ambiente

Quando você deixa as drogas ou o álcool, mas continua com as mesmas rotinas ou hábitos, as chances de recaída são muito maiores.

Sendo assim, apoie sua recuperação evitando pessoas, lugares e situações que desencadeiam sua vontade de usar.

Desse modo, muitas mudanças acontecerão durante a recuperação, incluindo:

  • A maneira como você lida com o estresse;
  • Com quem você passa o tempo;
  • O que você faz no seu tempo livre.

Por fim, não basta apenas saber qual é a melhor maneira para deixar o vício. Deve haver uma mudança de atitude.

7. Aprenda a aceitar o passado

É natural sentir-se culpado ou vergonhoso por seu vício, comportamento passado ou ações passadas.

Assim, à medida que você avança em sua recuperação, é importante lidar com essas emoções fazendo as pazes consigo mesmo e com os outros.

Além disso, depois de aceitarmos o passado, podemos nos dar a oportunidade de mudança no futuro.

Buscando uma clínica de recuperação para se livrar do vício

Não consegue fazer tudo isso sozinho? Não consegue ter forças para se livrar do vício? Calma! Nem tudo está perdido.

Até porque, hoje você pode procurar diretamente uma clínica de recuperação, e junto de profissionais capacitados e um tratamento correto, será possível se livrar do vício.

Inclusive, lá você vai conseguir ter acesso a um tratamento adequado, como também a todo um processo pós tratamento, evitando que se tenha recaídas ou que o vício volte a fazer parte da sua vida.

No entanto, é claro que para ter acesso a tudo isso, é preciso escolher a clínica de recuperação certa e ideal para o seu caso.

Desse modo, nós do Grupo Encontre Clínicas de Reabilitação podemos te ajudar nesse processo, encontrando a melhor clínica de recuperação mais próxima a você.

Portanto, tudo focado em você ter acesso a um tratamento justo, rápido e adequado ao vício sofrido.

Por fim, saiba que se livrar do vício é totalmente possível, sendo essencial que você tome o primeiro passo para mudar sua vida.

Entre em contato conosco agora e vamos juntos encontrar a melhor solução!

Compare listings

Comparar