Resgate 24 horas em todo território nacional. +55 44 99155-7195

Síndrome de abstinência de cocaína: O que é? Quais os sintomas?

sindrome de abstinencia de cocaina

Embora a retirada de cocaína possa não ser tão intensa fisicamente quanto a retirada de outras drogas, ela vem com seu próprio conjunto de desafios.

Portanto, veja, neste artigo, como é a síndrome de abstinência de cocaína.

Quais são os sintomas da abstinência da cocaína?

A retirada de certas substâncias, como álcool e benzodiazepínicos, pode envolver sintomas graves de abstinência física.

No entanto, a desintoxicação da cocaína traz principalmente sintomas de abstinência psicológica e abstinência cocaína.

Desse modo, para você entender melhor, saiba que os sintomas da Síndrome de abstinência de cocaína incluem:

  • Dificuldade de concentração;
  • Pensamento lento;
  • Atividade retardada ou fadiga física após a atividade;
  • Esgotamento;
  • Inquietação;
  • Incapacidade de experimentar excitação sexual;
  • Anhedonia, ou a incapacidade de sentir prazer;
  • Depressão ou ansiedade;
  • Pensamentos ou ações suicidas;
  • Sonhos vívidos, desagradáveis ou pesadelos;
  • Sintomas físicos, como calafrios, tremores, dores musculares e dor nervosa;
  • Aumento do desejo por cocaína;
  • Aumento do apetite;
  • E dentre diversos outros.

Além disso, você precisa saber que esses sintomas também não estão presentes em todas as pessoas, podendo variar conforme cada organismo.

Quando a desintoxicação médica é necessária para a retirada de cocaína?

Embora a desintoxicação da cocaína possa ser concluída ambulatorialmente, a desintoxicação médica é recomendada em boa parte dos casos.

Por exemplo, se uma pessoa teve uma recaída durante tentativas de retirada passadas, a supervisão de 24 horas oferecida pela desintoxicação médica pode ser inestimável.

Além disso, se a pessoa sofre de algum transtorno de saúde mental, a desintoxicação médica seguida de tratamento abrangente de dependência hospitalar pode efetivamente atender tanto ao manejo da abstinência sintomas quanto às necessidades de tratamento de saúde mental.

Um dos efeitos de retirada mais problemáticos associados à retirada aguda de estimulantes é o aumento do risco de suicídio.

Dessa forma, pessoas que tentam parar o uso de cocaína após o vício tomarem conta podem sofrer de depressão severa e mudanças de humor, incluindo pensamentos de suicídio.

Sendo assim, com o uso regular de cocaína, o cérebro se adapta à atividade de dopamina consistentemente elevada associada à droga.

Neste ponto, muitas vezes uma pessoa precisa de quantidades cada vez maiores de cocaína para se sentir bem; sem ele, eles podem se sentir profundamente deprimidos e insatisfeitos com a vida.

Medicamentos e tratamentos para retirada de cocaína

Ao contrário de algumas drogas, como opióides, não existem medicamentos aprovados que tratam especificamente a retirada de cocaína.

No entanto, existem alguns medicamentos promissores que podem ajudar os indivíduos a superar o vício em cocaína e trabalhar através de sintomas de abstinência de drogas.

Algumas pesquisas médicas sobre animais mostraram que tanto buprenorfina quanto naltrexona podem oferecer alguma assistência para pessoas na retirada de cocaína.

Ambos os medicamentos são aprovados para tratar outros tipos de vícios, mas os achados relevantes para o abuso e o vício da cocaína estão em estágios muito iniciais.

Outro estudo sugeriu que o propranolol pode ter um efeito benéfico e estabilizador para aqueles que sofrem de abstinência de cocaína.

Esse bloqueador beta foi aprovado para tratar hipertensão e angina, e muitas vezes é prescrito para tratar ansiedade e problemas psicológicos relacionados.

Uma das maiores preocupações com a retirada de cocaína é o risco de uma pessoa desenvolver ansiedade séria, depressão ou pensamentos suicidas.

Se a ansiedade e a inquietação forem reduzidas, outros sintomas de abstinência de cocaína podem ser mais fáceis de gerenciar e toda a experiência de retirada será menos desagradável.

Outros medicamentos para tratar a depressão e a ansiedade podem ser úteis para pessoas submetidas à retirada de cocaína, pois poderia estabilizar seus humores e reduzir a depressão da Síndrome de abstinência de cocaína.

Eles podem ser particularmente úteis para pessoas cujos sintomas abstinência cocaína duram mais de 7-10 dias.

No entanto, os profissionais médicos devem considerar esses casos individual e cuidadosamente monitorar os pacientes para efeitos colaterais, comportamentos mais viciantes e mudanças psicológicas prejudiciais ao objetivo geral de gerenciar o vício.

Combata a síndrome de abstinência de cocaína com um tratamento adequado

Se você deseja se livrar do vício da cocaína e sua abstinência, saiba que a principal forma é a traves do tratamento especializado.

E, dessa forma, hoje a principal forma de conseguir um tratamento adequado é com a ajuda das casas de recuperação.

Até porque, nas casas de recuperação, é onde você, como um dependente químico da cocaína, consegue ter um tratamento adequado e direcionado para aquele vício.

Ou seja, todo um tratamento com os profissionais adequados, medicamentos e tudo que se faz necessário para combater principalmente as síndromes de abstinência de cocaína.

No entanto, também não basta procurar a casa de recuperação, é essencial ter acesso a ideal.

Desse modo, saiba que nós do Grupo Encontre Clínicas, temos acesso as melhores clínicas de recuperação no Brasil, onde você pode encontrar a clínica ideal para a sua dependência.

Assim, você consegue junto conosco, garantir um tratamento rápido, eficaz e humano, tratando aquela dependência sofrida.

Para ter acesso a tudo isso, entre em contato conosco agora mesmo, e agende sua avaliação.

Vamos juntos combater essa dependência!

Compare listings

Comparar