Resgate 24 horas em todo território nacional. +55 44 99155-7195

Sintomas de esquizofrenia: Onde encontrar tratamento?

Conhecer os principais sintomas da esquizofrenia é uma das melhores formas de conseguir identificar o transtorno e conseguir tratamento especializado.

Conheça, neste artigo, os sintomas de esquizofrenia e tratamento. Com essas informações, você irá saber quando a internação é necessária.

Até porque, por ser uma doença que oferece inúmeros sintomas, muitos deles podendo ser bem intensos, a internação pode ajudar diretamente a controlar.

Não deixe de conhecer essas informações essenciais!

O que é a esquizofrenia?

A esquizofrenia é uma doença mental complexa que afeta a forma como uma pessoa pensa, sente, se comporta e se relaciona com os outros.

A doença ocorre em homens e mulheres, mas sendo um pouco mais comum aparecer em pessoas do sexo masculino.

O primeiro episódio geralmente ocorre no final da adolescência até o início dos vinte anos, geralmente também mais cedo para homens do que para mulheres.

As pessoas também podem desenvolver a doença mais tarde na vida. Até uma pessoa em cada 100 pode experimentar esquizofrenia.

Sinais e sintomas

A esquizofrenia inclui sintomas “positivos” e “negativos” de psicose, bem como sintomas cognitivos.

Os sintomas positivos são aqueles que aumentam ou distorcem o funcionamento normal da pessoa.

No entanto, já os sintomas negativos envolvem a perda ou redução do funcionamento normal.

Os sintomas cognitivos incluem dificuldades de atenção, concentração e memória.

Esses são os sintomas de esquizofrenia e tratamento.

Causas e fatores de riscos da esquizofrenia

Não se sabe ao certo o que causa a esquizofrenia, mas, como a maioria dos outros problemas de saúde mental, os pesquisadores acreditam que uma combinação de fatores biológicos e ambientais contribui para o seu desenvolvimento.

Ou seja, a esquizofrenia pode ser influenciada por fatores de desenvolvimento do cérebro antes e na época do nascimento e durante a infância e adolescência.

Além disso, pessoas que passaram por dificuldades sociais ou traumas, principalmente durante a infância, também têm um risco maior.

Vale citar também que o uso de algumas drogas como a maconha, aumenta o risco de desenvolver esquizofrenia na juventude e de desencadear um início precoce da doença em pessoas geneticamente vulneráveis.

Portanto, vários fatores podem levar a Sintomas de esquizofrenia, sendo totalmente necessário uma avaliação completo do que possa ter causado.

Até porque, o tratamento precisa ser, pelo menos inicialmente, direcionado principalmente para o que levou a tais sintomas.

Por fim, só um médico ou profissional especialista pode elaborar essa diagnostico.

Diagnóstico e Tratamento

Diagnóstico

Para chegar a um diagnóstico, um médico ou psicólogo faz perguntas estruturadas sobre como a pessoa está pensando e se comportando.

Ou seja, sim, antes de qualquer coisa, será feita uma avaliação pessoal, uma vez que esse é um passo importante para identificar os sintomas da esquizofrenia, e começar a pensar nas possíveis causas.

Além disso, o clínico também pode coletar informações de membros da família ou de outras pessoas familiarizadas com a história da pessoa.

Os pontos importantes para o fornecimento do diagnóstico são:

  • Informações recolhidas;
  • Descartando outras explicações possíveis;
  • O julgamento clínico do médico ou psicólogo;
  • Certos sintomas, descritos acima, que estão presentes há pelo menos um mês e duram pelo menos seis meses;
  • Sintomas que são graves o suficiente para ter um impacto no funcionamento e nas habilidades sociais, educacionais e ocupacionais da pessoa.

Por fim, caso confirmado, o tratamento será o próximo passo.

Tratamento

A medicação é muitas vezes o primeiro tratamento para a esquizofrenia. Os principais medicamentos usados ​​para tratar os sintomas da esquizofrenia são os antipsicóticos.

Eles podem ser usados ​​em combinação com medicamentos para outros sintomas de saúde mental, como estabilizadores de humor, sedativos e antidepressivos, e medicamentos para ajudar nos efeitos colaterais dos antipsicóticos.

No entanto, em boa parte dos casos, pode ser indicado o tratamento em conjunto a um local especializado, como uma clinica especializada em tratamento para esquizofrenia.

Até porque, lá poderá ser adaptado todo o tratamento necessário, e com isso, aumento as chances de reduzir os sintomas, e trazer uma qualidade de vida ao paciente e também a família.

Quando a internação é necessária?

As pessoas com esquizofrenia podem precisar ser internadas em clínicas de recuperação às vezes, por exemplo, se uma pessoa é agressiva ou suicida ou não está cuidando de suas próprias necessidades básicas.

Você como paciente pode ser internado voluntariamente ou involuntariamente.

Ou seja, sim, o processo de internação voluntária e involuntária também pode ser algo presente para pessoas que sofrem com sintomas de esquizofrenia, variando conforme a intensidade da doença.

Uma internação típica pode durar entre alguns dias e várias semanas.

Quando a pessoa volta para casa, apoios intensivos e comunitários podem estar disponíveis, se necessário. Estes podem ajudar a pessoa a fazer a transição de volta para a comunidade e fornecer apoio contínuo.

Internação para pessoas com sintomas de esquizofrenia

A maneira como pensamos a esquizofrenia mudou ao longo do tempo. Onde antes era visto como uma condição crônica e em deterioração que requer cuidados ao longo da vida, agora a recuperação é considerada uma possibilidade realista.

A recuperação é vista como um processo de ganhar controle sobre a própria vida e encontrar sentido, e não como a total ausência de sintomas.

Neste artigo, você pôde conhecer sobre os Sintomas de esquizofrenia e tratamento. Agora, você possui mais suporte para não ficar perdido em tal situação.

E para você que não sabe aonde conseguir um tratamento, saiba que nós do Grupo Encontre Clínicas de Reabilitação, somos referência quando o assunto são clínicas de recuperação, possuindo unidades em todo o Brasil, à disposição para te ajudar nessa situação.

Ou seja, sem dificuldade você vai conseguir encontrar o tratamento ideal para sintomas da esquizofrenia.

Portanto, para você que está com problemas relacionados a Sintomas de esquizofrenia e tratamento, entre em contato agora pelos telefones e fale com um de nossos profissionais:

(44) 31382122

(11) 96262-2008

Entre em contato conosco pelo telefone (44) 99155-7195 ou pelo WhatsApp (11) 96262-2008 e solicite mais informações sobre o funcionamento das clínicas de tratamento para esquizofrenia e saiba como nós podemos auxiliar você e  sua família a lidar com esse diagnóstico da melhor forma possível.

Compare listings

Comparar