(44) 991557195 - PR

WhatsApp 24 horas

(35) 99869-4147 - MG

WhatsApp 24 horas

(11) 96262-2008 - SP

Atendimento 24 horas

Comparar listagens

Tratamento da dependência química: Como deve ser feito?

Tratamento da dependência química: Como deve ser feito?

Nesse artigo você vai entender como deve ser feito o tratamento da dependência química?

Quem possui familiares dependentes químicos ou está nessa situação atualmente busca de modo constante uma forma de tratamento da dependência química.

A grande dúvida da maior parte das pessoas, entretanto, é sobre como deve ser realizado o tratamento contra a dependência em substâncias químicas.

Como o mesmo deve ser feito? Quais são os tipos de tratamento que devem estar envolvidos para que uma pessoa que é dependente química possa livrar-se do vício que possui?

Será que apenas o uso de medicamentos pode trazer algum tipo de resultado positivo? Ou será que a terapia com um psicólogo é a forma mais eficaz? Os grupos de apoio, como o Alcoólatras Anônimos é realmente importante?

Para saber mais sobre tudo isso, não deixe de acompanhar esse artigo até o final, pois aqui será tratado sobre o que há de mais relevante a respeito de como deve ser o tratamento da dependência química.

 

 

Tratamento da dependência química: Como deve ser feito?

O tratamento da dependência química

O tratamento da dependência química irá depender de cada tipo de paciente, de acordo com suas características pessoais, bem como do tipo de substância utilizada e do padrão de uso da mesma (além da quantidade).

Quando não se leva em consideração todos esses fatores, corre-se o risco de que o tratamento indicado não seja efetivo, fazendo com que o paciente não alcance os resultados desejados.

Outro ponto importante é que possíveis problemas de ordem emocional ou física, assim como interpessoal, que decorram do uso da substância química na qual o indivíduo possui dependência também deve ser considerado.

É essencial também destacar que a avaliação do paciente em questão deve envolver não só os médicos clínicos e os médicos psiquiatras, mas também outros profissionais da saúde.

Entre esses profissionais, podem ser citados os psicólogos, os enfermeiros, os terapeutas ocupacionais, além também de educadores físicos e mesmo assistentes sociais.

Sempre que a dependência química for diagnosticada e começar a ser tratada, a mesma deve ter um acompanhamento médico do paciente que seja de médio ou de longo prazo.

É por isso que tratamentos rápidos, como aqueles abaixo de 90 dias, dificilmente trazem algum tipo de resultado, principalmente levando-se em consideração a gravidade da dependência do indivíduo.

 

Como deve ser o tratamento da dependência química?

O tratamento da dependência química pode ou não envolver a internação do paciente, sendo muito mais eficaz quando ocorre essa última opção.

Através da internação, seja ela parcial ou total, é possível que o indivíduo com dependência química possa se afastar, com maior facilidade, da vontade de consumir as substâncias.

Quando o mesmo não submete-se a esse tipo de tratamento em que está distanciado de antigos locais e possíveis gatilhos para o uso da substância química em que possui dependência, torna-se mais difícil livrar-se dela.

Sendo assim, na maioria dos casos a internação é bastante indicada, seja ela feita de forma voluntária, ou seja, com o consentimento do paciente, ou involuntária, quando ele não deseja internar-se.

O último caso é voltado para aqueles dependentes químicos que já não possuem mais controle sobre si mesmos e acreditam que não precisam de auxílio para livrar-se do vício.

E quais são as abordagens existentes para tratamento da dependência química?

 

Uso de medicamentos contra a dependência química

As medicações são extremamente importantes como parte do tratamento contra a dependência em substâncias químicas, desde que sejam combinadas com outras formas, como as terapias comportamentais ou grupos de apoio.

Em sua maior parte, os medicamentos são voltados para evitar que os dependentes químicos venham a sofrer com a abstinência da substância.

Desse modo, eles podem passar mais facilmente pela fase de desintoxicação, evitando os efeitos agudos da abstinência.

Além disso, há alguns que são essenciais para ajudar pacientes que possuam algum tipo de distúrbio mental que possa afetar o tratamento como um todo.

 

Aconselhamentos e grupos de apoio

Outras formas eficazes de tratamento da dependência química são os aconselhamentos e os grupos de apoio.

É o caso, por exemplo, dos alcoólatras anônimos, que auxiliam pessoas que possuem dependência em álcool a tratar-se com o apoio de outros dependentes químicos que dividem suas experiências.

Para muitos profissionais, essa é uma importante etapa do tratamento e que, portanto, não deve ficar de fora para os dependentes químicos.

 

Terapia comportamental

Também se faz extremamente necessário que seja realizada a terapia comportamental com um profissional, como um psiquiatra ou um psicólogo, que irão indicar o melhor caminho para o paciente enfrentar a situação.

Por meio da terapia, eles irão auxiliar que os dependentes possam resistir ao uso de drogas, bem como irão melhorar as habilidades deles para resolver o problema.

Seja como for, a partir do momento em que realiza a terapia, o indivíduo já consegue encarar melhor a própria dependência, passa a melhorar suas relações interpessoais, inclusive com a sua família.

 

Grupo Encontre Clinicas

Precisando de auxílio para o tratamento de um familiar ou para seu tratar a si próprio contra a dependência química?

Então saiba que nós, do Grupo Encontre Clinicas, oferecemos uma das melhores oportunidades de tratamento em clínicas voltadas para a reabilitação de dependentes químicos e alcoólatras.

Possuímos mais de 10 anos de experiência na área de recuperação humana, tendo já auxiliado milhares de pessoas a livrarem-se do vício por meio das nossas clínicas espalhadas por diversas cidades do país.

Contamos com profissionais especializados nas mais diversas áreas necessárias para tratamento, como médicos, terapeutas e psicólogos, bem como uma equipe de colaboradores preparada para atender dependentes químicos.

Nosso objetivo é oferecer, aos nossos pacientes e às pessoas que se encontram sob nossa tutela uma qualidade diferenciada no equilíbrio psicológico, emocional, moral e social.

 

Conclusão

Como você viu, o tratamento da dependência química é extremamente importante para que uma pessoa possa voltar a ter uma vida normal, pois dificilmente é possível conseguir passar por essa situação sem o auxílio adequado.

Neste texto, mostramos como é que deve ser realizado um tratamento desse tipo, que precisa seguir as características de cada paciente, de acordo com sua história e a dependência que possui.

Entre em contato conosco, do Grupo Braços Abertos, para conseguir o melhor tratamento em custo-benefício e qualidade do mercado: https://encontreclinicas.com.br/

Gostou do artigo de hoje sobre como deve ser o tratamento da dependência química?

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, escreva-a abaixo nos comentários para que eu possa ajudá-lo.

 

Fale com nossos especialistas! Atendimento 24 horas. Obtenha ajuda sobre dependência agora.

Descubra como nossos consultores podem ajudar você ou seu ente querido a selecionar um tratamento de reabilitação adequado. A avaliação por telefone exigirá apenas 5 a 10 minutos do seu tempo. Isso ajudará você a saber sua posição em termos de opções de reabilitação em sua área local. 

Fale com nossos especialista! Atendimento 24 horas.

 

img

Paulo Esidio Junior

Sou o Paulo Esidio diretor do Grupo Encontre Clínicas, e terapeuta especialista em dependência química a mais de 15 anos fazendo aconselhamento e encaminhamento para centros terapêuticos em todo o Brasil

    Posts relacionados

    Como funciona o tratamento para viciado em drogas?

    Uma das maiores dúvidas de quem possui um dependente químico em casa é sobre como funciona o...

    Continue lendo
    por Paulo Esidio Junior

    Quanto tempo leva para desintoxicar um dependente químico?

    Uma das maiores dúvidas ao se buscar um tratamento para dependência é sobre quanto tempo leva...

    Continue lendo
    por Paulo Esidio Junior

    Como faço para internar um dependente químico?

    Muitas famílias possuem dúvidas a respeito de como internar um dependente químico, afinal,...

    Continue lendo
    por Paulo Esidio Junior

    Participe da discussão