Resgate 24 horas em todo território nacional. +55 44 99155-7195

Vício em cocaína: Tudo que você precisa saber.

O vício em cocaína traz graves consequências para vida de um indivíduo. Não somente para ele, mas para todos os que os cercam. Saiba mais

A cocaína é uma droga estimulante poderosamente viciante na forma de um pó branco que é comumente cheirado, fumado e injetado, saiba mais sobre o vício em cocaína.

Dessa forma, hoje sua popularidade como substância recreativa se deve em parte aos seus efeitos positivos percebidos no humor, motivação e energia, aumentando a concentração, aumentando a sociabilidade, diminuindo a timidez e muito mais.

Contudo, e o que poucas pessoas acabam dando conta, é que o vício em cocaína é muito prejudicial.

Ou seja, em grande parte das vezes, só é considerado o seu efeito alucinógeno, acabando deixando despercebido, o que o vício nessa substancia pode de fato trazer.

E, mesmo que algumas pessoas saibam que essa droga é extremamente prejudicial, poucos sabem os seus reais efeitos. E acredite, essa está dentre as drogas mais prejudiciais dentre todas as outras, com efeitos únicos e prejudiciais.

Por fim, para você entender o que é esse vício em cocaína, e entender a tamanha necessidade de procurar um tratamento, nós do Grupo Encontre Clínicas de Reabilitação, separamos esse artigo completo, onde falamos tudo que você precisa saber sobre essa substância.

O que é o vício em cocaína?

As pessoas que lutam contra o vício em cocaína começam a usar cocaína de maneira compulsiva (sentindo um desejo irresistível de usar), mesmo que possam sofrer consequências prejudiciais.

O vício e o uso indevido de cocaína podem ser causados ​​pelo efeito reforçador da cocaína, que vem principalmente de como ela funciona no sistema neurotransmissor de dopamina no cérebro. 

A dopamina está associada a emoções “eufóricas”, à regulação do movimento e ao processamento de pistas de recompensa.

Embora as pessoas que usam cocaína possam sentir esses altos por um tempo, uma vez que a droga começa a deixar o sistema, elas podem experimentar reações desagradáveis, incluindo ansiedade, confusão, irritabilidade e agitação.

Esses efeitos negativos podem levar as pessoas a usar cocaína regularmente para evitar sintomas desconfortáveis ​​de abstinência, o que pode levar ao desenvolvimento de tolerância.

A tolerância ocorre quando o uso mais frequente e/ou escalonado é necessário para atingir o mesmo nível de efeitos positivos (ou altos) e diminuir temporariamente os efeitos negativos da abstinência do vício em cocaína.

No entanto, embora o vício seja uma condição cerebral crônica, é tratável e a recuperação é possível. Falaremos mais sobre isso nos próximos tópicos.

Como é a cocaína?

Talvez você esteja preocupado que seu ente querido esteja abusando de cocaína, mas não sabe o que procurar.

Mais frequentemente encontrada na forma de pó branco, a cocaína pode ser “cortada” com qualquer número de ingredientes, alguns mais prejudiciais do que outros.

O vício em crack envolve o uso de cocaína base livre (ou “crack”) que se parece com pequenas pedras de cor esbranquiçada.

Atualmente, ela é considerada uma das drogas mais fáceis de identificar, principalmente devido as suas características físicas que foram citadas.

Sintomas de abstinência de cocaína

À medida que o cérebro de uma pessoa se adapta aos picos de dopamina relacionados ao vício em cocaína, ela não é tão sensível a ela.

Isso pode levar uma pessoa a usar mais do medicamento ou usá-lo com mais frequência para evitar sintomas desconfortáveis ​​de abstinência, que podem incluir:

  • Fadiga;
  • Depressão;
  • Aumento do apetite;
  • Insônia;
  • Sonhos desagradáveis;
  • Pensamento retardado.

Efeitos adversos do uso de cocaína

Insuficiência ou dano cardíaco induzido pela cocaína também pode aumentar o risco de acidente vascular cerebral ou dano cerebral

Dessa forma, há uma série de efeitos potencialmente perigosos da cocaína.

Um risco particularmente sério de abuso de cocaína é o dano cardíaco. Tanto de forma aguda quanto ao longo do tempo, a cocaína pode resultar em vários problemas cardiovasculares, como doença cardíaca isquêmica, ritmos cardíacos aberrantes, hipertensão e cardiomiopatia.

O uso de cocaína intravenosa pode resultar em infecção e inflamação das válvulas cardíacas e do revestimento das câmaras cardíacas (endocardite).

Além disso, outros sintomas de cardiotoxicidade induzida por cocaína incluem:

  • Inflamação do músculo cardíaco (miocardite);
  • Ruptura aórtica;
  • Declínios graves na saúde e na qualidade de vida.

A insuficiência ou dano cardíaco induzido pela cocaína também pode aumentar o risco de acidente vascular cerebral ou dano cerebral resultante de interrupções no suprimento de sangue disponível para o cérebro.

Outro ponto importante e pouco comentado nos dias de hoje, é que o vício em cocaína também está associado a danos nos rins.

Acredita-se que o uso prolongado de cocaína esteja relacionado à inflamação de importantes microestruturas dentro desse órgão.

A insuficiência ou dano cardíaco induzido pela cocaína também pode aumentar o risco de acidente vascular cerebral ou dano cerebral resultante de interrupções no suprimento de sangue disponível para o cérebro.

Mesmo usuários que consideram seu uso como ‘recreativo’ podem estar em risco de alterações neurológicas que afetam suas vidas. O uso a longo prazo também está associado a déficits no desempenho cognitivo, atenção e habilidades de tomada de decisão.

Outros riscos decorrentes do abuso incluem doenças infecciosas transmitidas pelo sangue, como HIV ou hepatite C (HCV).

Por fim, vale citar que esses riscos estão relacionados principalmente à injeção de cocaína e aos efeitos adversos do uso de agulhas não estéreis.

Tratamento para dependência de cocaína

Como já citamos anteriormente, mesmo que o vício em cocaína seja algo grave, há sempre uma salvação, e uma possibilidade de nova chance ao dependente.

Dessa forma, saiba que o tratamento contra a dependência da cocaína deve ser algo feito com brevidade, para evitar e diminuir os riscos de problemas ainda mais graves.

Você viu anteriormente, que a cocaína, assim como praticamente todas as drogas ilícitas e licitas como o álcool, é extremamente prejudicial, mas os seus efeitos são ainda mais graves.

Diante disso, nós do Grupo Encontre Clínicas de Reabilitação estamos prontos para te ajudar a solucionar esse problema, com um time de profissionais extremamente completo e especializados para esse tipo de vício.

Aqui você consegue encontrar a clínica especializada mais próxima de você, que consiga trazer um tratamento rápido, eficaz e de muita qualidade.

Entre em contato conosco agora mesmo e faça uma avaliação! Nossa equipe de atendimento está disponível 24 horas por dia, ansiosas para te atender.

Compare listings

Comparar